Salada Verde

Técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Rio encontram arbusto raro

Espécie é considerada criticamente ameaçada de extinção e o último registro ocorreu em 1997. Achado ocorreu durante incursão no Morro do Vigário, na Ilha de Paquetá

Redação ((o))eco ·
11 de junho de 2021
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Funifera insulae Nevling. Foto: SMAC/Divulgação.

Técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Cidade do Rio (SMAC) fizeram uma incursão no Morro do Vigário, na Ilha de Paquetá, para procurar por indivíduos do arbusto da espécie Funifera insulae Nevling (família Thymelaeaceae). A equipe foi liderada por Ricardo Couto, gerente de UC.

A espécie Funifera insulae Nevling havia sido descrita em 1976 e há décadas não era registrada por pesquisadores. Seu último registro havia sido feito em 5 de abril de 1997, por Lucia Rossi – há mais de 23 anos. Considerada criticamente ameaçada no Livro Vermelho da Flora Endêmica do Estado do Rio de Janeiro, o arbusto atinge até 2 metros de altura. A planta somente existe na Ilha de Paquetá, não ocorrendo em nenhum outro lugar do mundo, e foi encontrada com flores.

Leia também

Salada Verde
1 de fevereiro de 2021

Prefeitura do Rio inicia processo para transformar a Floresta de Camboatá em parque

Prefeito pediu oficialmente o arquivamento do licenciamento do autódromo em Deodoro. Secretário de Meio Ambiente cita década da restauração ao anunciar desistência

Salada Verde
6 de janeiro de 2021

“Não vai ter autódromo em Deodoro”, diz Eduardo Paes, prefeito do Rio

Prefeitura descarta construir novo autódromo na Floresta do Camboatá. Decisão faz parte de acordo do prefeito empossado com o Partido Verde, que o apoiou na eleição

Notícias
29 de julho de 2020

Prefeitura do Rio faz operação em terreno dentro de parque que foi posto “à venda” em site

Secretaria Municipal de Meio Ambiente coordenou operação para reprimir ocupações ilegais dentro do Parque Municipal de Grumari. Portão foi destruído

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta