Salada Verde

Ex-Coordenador jurídico do PSL assume superintendência do Ibama no Ceará

A nomeação de Luiz Cesar Barbosa, advogado com atuação junto ao PSL, partido da base de apoio de Bolsonaro, reforça barganha política em cargos de chefia do Ibama

Duda Menegassi ·
17 de maio de 2021
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Na última sexta-feira (14), Ricardo Salles nomeou o novo ocupante do cargo de superintendente do Ibama no estado do Ceará: Luiz Cesar Barbosa Lopes, advogado e coordenador jurídico do Partido Social Liberal (PSL), principal base de apoio de Bolsonaro, em Goiás. A superintendência cearense tem tido uma forte dança das cadeiras na atual gestão do Ibama, comandada pela influência do deputado federal Heitor Freire (PSL-CE). Não à toa o nome da vez, Luiz Cesar Barbosa, foi o chefe de gabinete do parlamentar entre fevereiro e setembro de 2019, antes de assumir a coordenação jurídica do partido.

No currículo, o advogado traz ainda uma atuação de consultoria na Câmara Municipal de Goiânia e outras experiências voltadas para área governamental e até mesmo um MBA em Agronegócio. Nada, porém, que indica experiência na área ambiental.

A superintendência do Ceará estava sem chefia há quatro meses, quando o então superintendente, o coronel da Polícia Militar, Julio Rocha Aquino – que também foi indicação do deputado Heitor Freire – foi exonerado, pela segunda vez, do cargo.

*Na foto em destaque: O deputado federal Heitor Freire (PSL-CE). Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação e montanhismo. Escreve para ((o))eco desde 2012. Autora do livr...

Leia também

Salada Verde
19 de janeiro de 2021

PM é exonerado – de novo – da superintendência do Ibama no Ceará

Em novo capítulo da dança das cadeiras dos cargos de chefia no Ibama, sai o coronel da PM Julio Aquino, em sua 2ª saída da superintendência em pouco menos de 1 ano

Notícias
6 de setembro de 2019

Salles nomeia 6 superintendentes do Ibama; 1 não durou 24h no cargo

Um agrônomo, um advogado, um militar, um engenheiro florestal e dois PM foram nomeados entre quarta e quinta-feira para chefiar o Ibama nos estados

Salada Verde
28 de fevereiro de 2019

Ministro do Meio Ambiente exonera 21 superintendentes do Ibama

Mantiveram os cargos os superintendentes do Ibama nos estados do Pará, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta