Notícias

Vídeo: O que são recifes artificiais? Por Robin Hilbert

Coordenador do programa Rebimar falou com ((o))eco sobre a atividade que gerencia na costa brasileira para a recuperação da vida marinha

Daniele Bragança · Marcio Isensee e Sá ·
7 de agosto de 2018 · 3 anos atrás
Navio-tanque russo afundado durante a II Guerra Mundial na costa da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, hoje serve de abrigo aos corais. Foto: NOAA.

Áreas degradadas pela pesca de arrasto industrial podem ser recuperadas através da criação de recifes artificiais, estrutura colocada em contato direto com o fundo do mar onde os recifes crescerão em cima e ao redor.

A criação desses recifes traz de volta os estoques pesqueiros. Neste vídeo, Robin Hilbert, coordenador do programa Rebimar, fala com ((o))eco sobre a atividade que gerencia na costa brasileira para a recuperação da vida marinha. Realizado pela Associação Mar Brasil, o Programa Rebimar instalou mais de 3.500 recifes artificiais no litoral do Paraná, obtendo um grande sucesso ao criar um corredor ecológico, mitigando o problema da pesca de arrasto e restabelecendo a vida no litoral onde o programa é desenvolvido.

Além das espécies locais, os recifes artificiais acabam atraindo espécies ameaçadas, como o mero, que acabou encontrando refúgio nos locais construídos.

Assista:

 

 

Leia Também

Artimanhas marinhas

A história de um mar vazio

Vídeo: Como fazer gestão de unidade de conservação com a participação social? Por Fabiana Prado

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Notícias
2 de agosto de 2018

Vídeo: Como fazer gestão de unidade de conservação com a participação social? Por Fabiana Prado

A gerente de projetos do Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ) explica sobre o desafio da gestão participativa nas unidades de conservação

Colunas
17 de março de 2011

A história de um mar vazio

Os peixes e grande parte da megafauna marinha estão ameaçadas de extinção, uma consequência da exploração desde a Idade Média

Colunas
1 de setembro de 2005

Artimanhas marinhas

Atrator de pesca, recife artificial e anti-arrasto não são a mesma coisa. Cada um tem uma função no fundo do mar. Uns viram casa de peixe, outros armadilhas.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta