Projeto Coral Vivo publica seu conhecimento em livro

Duda Menegassi
terça-feira, 14 junho 2016 19:17
Detalhe de orelha de elefante com molusco Cyphoma – cada buraquinho esta associado a um polipo da colonia. Foto: Coral Vivo

Os recifes de corais são ecossistemas extremamente frágeis e para ajudar a divulgar o que se sabe sobre eles, o Projeto Coral Vivo acaba de lançar o livro “Conhecendo os Recifes Brasileiros: Rede de Pesquisas Coral Vivo”, uma compilação de 360 páginas com estudos assinados por cientistas de dez universidades e institutos que trabalham em conjunto através da Rede de Pesquisas Coral Vivo.

São 25 capítulos que abordam desde aspectos mais técnicos, como a fisiologia, simbiose e a evolução geológica dos recifes, até discussões mais amplas como poluição, turismo e preservação. O livro é o primeiro de divulgação científica sobre o tema disponível em português e discute questões relevantes para a conservação e o uso sustentável dos recifes de coral brasileiros como as Unidades de Conservação Marinha e o Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Ambientes Coralíneos (PAN Corais).

Capa Conhecendo os Recifes BrasileirosO biólogo Clovis Castro, coordenador geral do Projeto Coral Vivo, acredita que um dos principais diferenciais do livro é a acessibilidade do conhecimento ali exposto: “tivemos um cuidado grande com a linguagem. Por apresentar temas complexos com linguagem simples, pode ser usado tanto por alunos em início de formação, quanto por gestores ambientais e disseminadores de informação”.

Segundo ele, as questões ainda sem resposta apresentadas no livro podem ser também um estímulo aos estudantes que serão os futuros pesquisadores. “Geração de conhecimento e disseminamento de informações são dois pilares fundamentais para o posicionamento da sociedade e para fomentar a tomada de decisões políticas que possam ajudar a resolver os problemas. Esperamos que o livro incentive estas duas vertentes”, afirma.

O Projeto Coral Vivo, patrocinado pela Petrobras, foi criado em 2003 e deu origem a Rede de Pesquisas Coral Vivo, em 2011, um espaço dedicado a pesquisas conjuntas e troca de estudos de forma colaborativa. De acordo com o biólogo, “aprendemos que deveríamos começar a trabalhar com perguntas únicas trabalhadas sob as abordagens das diferentes especialidades e assim, temos um grupo diverso, que dialoga, com todos opinando e formando um consenso”.

Para incentivar ainda mais sua leitura e alcance, o livro está disponível de graça para download no site do Coral Vivo.

 

Leia Também

Ameaça aos recifes de corais brasileiros

Cientistas revelam recife submerso na costa amazônica

Lançado o livro vermelho de espécies ameaçadas para crianças

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.