Prefeitura de Niterói cria novo parque no município fluminense

Duda Menegassi
segunda-feira, 21 dezembro 2020 18:30
As ruínas do Aqueduto da Chácara do Vintém, do século 19, são um dos atrativos do novo parque niteroiense. Foto: Amanda Jeveaux

Na última sexta-feira (18), a prefeitura de Niterói assinou a criação de um novo parque para o município fluminense: o Parque Natural Municipal da Água Escondida, que abrange partes do Morro do Abílio e do Morro Boa Vista, além das ruínas históricas do Aqueduto da Chácara do Vintém — construção que data do início do século XIX. Antes, o local já era protegido por uma Área de Proteção Ambiental (APA), unidade de conservação de uso sustentável. Como parque, a área passa a ter proteção integral. Além disso, o decreto amplia o território protegido de 54 para 62 hectares.

O Estudo Técnico que embasa a decisão de recategorizar a APA, aponta que a transformação em parque “contempla a melhoria ambiental, a recuperação e restauração ecossistêmicas que, associados ao uso recreativo e à possibilidade de desenvolvimento de atividades turísticas, torna mais apta e atrativa a região, com a possibilidade de atrair novos postos de trabalho e divisas”. Além disso, a categoria mais restritiva de proteção traz vantagens financeiras com relação à fatia do ICMS Ecológico recebida pelo município, do repasse feito pelo estado do Rio de Janeiro.

Leia mais: ICMS Ecológico do RJ passa a premiar qualidade e eficiência na gestão ambiental

O projeto de lei do parque municipal havia sido discutido em uma audiência pública em fevereiro de 2019, já havia sido aprovado na Câmara de Vereadores e aguardava apenas a sanção do prefeito, consolidada com a assinatura da Lei Municipal (nº 3.559/2020) na última sexta.

Guia de Trilhas

Além do parque novo, Niterói também deu outro presente aos amantes da natureza em dezembro: um guia de trilhas do município. Estão listados os percursos das cinco unidades de conservação presentes no municípios: Parque Natural Municipal de Niterói, Parque Estadual da Serra da Tiririca, APA do Morro do Morcego, Reserva Extrativista Marinha de Itaipu e até mesmo o do agora recategorizado Parque Natural Municipal da Água Escondida. O caminho do Horto do Fonseca, no Horto Botânico de Niterói, também está no guia. E, claro, a Rota Charles Darwin, trilha de longo curso niteroiense, com 28 quilômetros de extensão.

Com 141 páginas, ilustradas com mapas e fotos, o guia pode ser consultado online e baixado em pdf na página da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade de Niterói (SMARHS).

Capa do Guia de Trilhas de Niterói. Imagem: Reprodução

Leia também

ICMS Ecológico do RJ passa a premiar qualidade e eficiência na gestão ambiental

Reserva particular, patrimônio coletivo

Parque Estadual dos Três Picos: Refúgio para anfíbios na Mata Atlântica

 

2 comentários em “Prefeitura de Niterói cria novo parque no município fluminense”

  1. You only need a mobile phone to make money at home with your fingers. All you have to do is like, comment, share and follow. Regardless of your occupation or status, "Traffic Sharing" welcomes you to join us. For users who register immediately, the first minimum deposit of 1USDT will reward you with 20USDT.
    Registration link: http://trafficsharing-sgp.com/index.php/Home/Publ
    Or copy to the browser to open.

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.