Notícias

Parque Nacional da Tijuca reabre cachoeiras e mirantes

As exceções da reabertura são os mirantes Dona Marta e da Cascatinha, além da própria cachoeira da Cascatinha. Confira como fica a visitação no parque na nova fase de reabertura

Duda Menegassi ·
8 de outubro de 2020
Com exceção da Cascatinha, cachoeiras do Parque Nacional da Tijuca reabrem pro banho. Foto: Plínio Leal dos Santos/WikiParques

O Parque Nacional da Tijuca, área protegida mais visitada do país e opção de lazer para muitos cariocas, dá nessa quinta-feira (08) mais um passo no processo de reabertura, que começou no dia 7 de julho, voltada para prática de atividades físicas, como ciclismo, caminhada e trilha. Até então, cachoeiras e mirantes estavam proibidos aos visitantes, já que são pontos que favorecem a aglomeração de pessoas. Com a flexibilização das regras do município do Rio de Janeiro, que avança para fase 6B do plano de retomada das atividades, mais pontos turísticos do parque serão reabertos a partir desta quinta, como o mirante da Vista Chinesa e a maioria das cachoeiras.

As exceções da reabertura são os mirantes Dona Marta e da Cascatinha, a cachoeira da Cascatinha e as duchas localizadas na Estrada do Redentor. Todos os outros mirantes e cachoeiras voltam a fazer parte do roteiro dos visitantes para contemplação e banho.

Além disso, o topo das trilhas voltam a ser liberados para contemplação e “parada”, porém segue obrigatório o uso de máscaras e a orientação de evitar aglomerações. No caso da Pedra Bonita, que teve problemas de má conduta e intensa concentração dos visitantes desde sua reabertura inicial, em julho, o atrativo segue aberto apenas nos dias de semana – ação em vigor desde o dia 24 de agosto. A trilha Parque Lage-Corcovado também segue com limitação de número de 25 pessoas por hora nos finais de semana e feriados – norma em vigor desde o dia 19 de setembro.

As medidas para evitar a transmissão de coronavírus seguem como norma padrão em todo parque: máscara, distanciamento social e levar seu próprio lixo para descarte fora da área protegida. Além disso, o parque orienta pessoas com sintomas de Covid-19 a praticar o auto isolamento e não entrar nos limites do parque. A realização de eventos nas áreas abertas segue proibida e o acesso ao parque por veículos motorizados é permitido apenas no acesso ao Setor da Carioca, pela guarita do Silvestre (Rua Almirante Alexandrino). Todos os outros trechos seguem fechados ao trânsito de veículos.

O Parque Nacional da Tijuca está aberto das 8h às 17h, todos os dias (incluindo fim de semana e feriados).

 

Leia também

Parque Nacional da Tijuca reabre com restrições de atrativos

Monumento do Corcovado reabre para visitação

Novo chefe do Parque Nacional da Tijuca será Coronel do Corpo de Bombeiros

 

  • Duda Menegassi

    Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação e montanhismo. Escreve para ((o))eco desde 2012. Autora do livr...

Leia também

Notícias
5 de junho de 2020

Novo chefe do Parque Nacional da Tijuca será Coronel do Corpo de Bombeiros

Nomeação do coronel da reserva Carlos Eduardo Tavares foi feita hoje (05) no Diário Oficial da União. Parque carioca estava sem chefia há quase um mês

Notícias
17 de agosto de 2020

Monumento do Corcovado reabre para visitação

Nas restrições, está previsto a obrigatoriedade do uso de máscara e ausência de sintomas relacionados à COVID-19 para entrar no ponto turístico carioca

Salada Verde
8 de julho de 2020

Parque Nacional da Tijuca reabre com restrições de atrativos

Fechado desde março por causa da pandemia do coronavírus, o parque mais visitado do país volta a abrir as portas nesta quinta-feira (09), com restrições de atrativos e medidas de prevenção

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta