O que é o Sínodo da Amazônia e porque o evento preocupa o governo Bolsonaro?

O que é o Sínodo da Amazônia e porque o evento preocupa o governo Bolsonaro?

Carla Venâncio da Silva
quinta-feira, 14 fevereiro 2019 23:49
A Igreja católica discutirá a a Amazônia. Foto: Vatican News.

País que abriga 60% da floresta amazônica, o Brasil estará, de um jeito ou outro, sendo discutido no Sínodo da Amazônia, o encontro dos bispos da Igreja Católica que ocorrerá em outubro, no Vaticano. A discussão sobre a preservação da maior floresta tropical do mundo não anda agradando o governo do presidente Jair Bolsonaro, que vê a reunião como uma agressão à soberania nacional.

Após criticar abertamente o encontro e afirmar que os órgãos de espionagem do estado brasileiro estão de olho na Confederação Nacional de Bispos do Brasil (CNBB), o general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, transformou o Sínodo da Amazônia em um problema de segurança nacional.

O que é um Sínodo?

O Sínodo dos Bispos é uma tradicional reunião de todo o episcopado católico em torno de um tema urgente para a Igreja, e que, entre outros objetivos, visa promover o diálogo da instituição cristã com o povo, através de seus bispos, no mundo inteiro. Na hierarquia católica, os bispos são aqueles que mais de perto podem colaboram com o Papa em questões que são importantes para o pontífice. Além de reformas internas, com Francisco a Igreja tem intensificado o olhar sobre questões sociais, entre elas o meio ambiente. O tema é recorrente nas falas do pontífice que em 2015 lançou a primeira encíclica inteiramente dedicada ao assunto, a “Louvado sejas, sobre o cuidado da casa comum”, documento onde convida os cristão não apenas a uma reflexão, mas a uma mudança no estilo de vida em prol da preservação da criação divina.

“Na hierarquia católica, os bispos são aqueles que mais de perto podem colaboram com o Papa em questões que são importantes para o pontífice”

O processo/período pré-sinodal incluem reuniões onde serão ouvidos padres e membros de pastorais da Igreja ligadas à questão do meio ambiente, e todas as comunidades que vivem na Amazônia, incluindo o povo indígena, que são, segundo a Igreja, os principais interlocutores do Sínodo.

No documento de preparação para o Sínodo Especial, a Igreja mostra-se preocupada com o bioma amazônico, sua biodiversidade, seu universo multiétnico, pluricultural e plurirreligioso, cuja “defesa da vida exige mudanças estruturais e pessoais de todos os seres humanos, dos Estados e da Igreja”.

Em outubro, a Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos se reunirá para discutir o tema Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral. A pedido do Papa Francisco, o encontro vai refletir sobre como a Igreja pode contribuir juntos às comunidades tradicionais amazônicas para uma ecologia ambiental, econômica, social, cultural e da vida cotidiana.

Oposição do estado

O evento de “celebração da Igreja para a Igreja” se transformou em assunto de estado. Em entrevista ao Estado de S. Paulo, no sábado, o general Augusto Heleno afirmou que a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) estava investigando a CNBB, para “neutralizar possíveis ameaças”.

O governo enxerga a igreja católica como antiga aliada do Partido dos Trabalhadores (PT) e vê assuntos como meio ambiente, mudanças climáticas e direitos indígenas como a face oculta do esquerdismo, que precisa ser denunciado.

Em entrevista durante o enterro do jornalista Ricardo Boechat (12), onde representou o governo, o general Augusto Heleno afirmou que há entidades e organizações não-governamentais estrangeiras, além de autoridades internacionais, que querem interferir no tratamento dispensando à Amazônia brasileira.

General Augusto Heleno: “[Da] Amazônia brasileira quem cuida é o Brasil”. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil.
“[Da] Amazônia brasileira quem cuida é o Brasil”, disse. “O Brasil não dá palpite no deserto do Saara, na Floresta da Ardenas, no Alasca, cada país cuida da sua soberania. Eu estou preocupado que o sínodo não entre em assuntos que são afetos a soberania”.

O governo teme que o Sínodo da Amazônia seja uma oportunidade para que bispos chamados “progressistas”, ligados a movimentos sociais e partidos de esquerda, critiquem a política ambiental do governo Bolsonaro em âmbito internacional, durante os 23 dias de evento, no Vaticano.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) não se manifestou abertamente sobre a denúncia do jornal O Estado de S. Paulo sobre espionagem de membros do clero pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI), mas afirmou que é um encontro “De Igreja para a Igreja” e delimitou que o Sínodo falará sobre a realidade da Pan-Amazônia, de meio ambiente e povos. “Toda essa realidade, certamente será abordada”, afirmou.

 

Leia Também 

Papa entra na política do clima e cobra países ricos

Igreja católica e meio ambiente

Governo quer criar hidrelétrica e abrir estradas em uma das regiões mais preservadas da Amazônia

 

34 comentários em “O que é o Sínodo da Amazônia e porque o evento preocupa o governo Bolsonaro?”

  1. "Após criticar abertamente o encontro e afirmar que os órgãos de espionagem do estado brasileiro estão de olho na Confederação Nacional de Bispos do Brasil (CNBB), o general Augusto Heleno…" FAKE NEWS. Ele nunca afirmou que colocou a Abin nisso. Só sites toscos disseram e infelizmente o Eco está passando pra frente também.

  2. Muito orgulho de ter levado, em 2012 e 2013, ao Vaticano, ao Rio de Janeiro e ao Encontro Mundial da Juventude, a autoridades e intelectuais da Igreja Católica, inclusive o papa Francisco, a proposta e ter contribuido para dar atenção à conservação e desenvolvimento sustentável da Amazônia, nos nove países onde ela ocorre, da maneira mais integrada possível!

  3. O Papa deveria está preocupado é com o avanço do MARXISMO CULTURAL que a TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO, através de vários bispos de CNBB, vem trazendo pra dentro da igreja com o objetivo de destruí-la por dentro!!!! Aliás, o Sínodo da Amazônia é apenas uma das facetas desse movimento!! PESQUISEM SOBRE ISSO!!!!!!!!!!

    • O Bispo Bergorio, tem mostrado para que veio. Destruir a Santa Madre Igreja. Mas, o Próprio Jesus, disse , que as por tás do inferno, não prevalecerão. A Igreja Católica Apostólica Romana, nunca será destruída. Ela será purificada.

      • Se você não respeita o Papa Francisco e não está em comunhão com ele, não pode se considerar Católica(o). Assim são mtos falsos cristãos, já se tornaram pentecostais há mto tempo, vivem uma fé infantilizada e alienada. Um farisaísmo hipócrita tão condenado por Jesus de Nazaré!

        • ENGANA-SE REDONDAMENTE. O FIEL CATÓLICO, ANTES DE SER OBEDIENTE A QUALQUER PAPA (E TIVEMOS 35 ANTIPAPAS NO PASSADO) TEM QUE SER FIEL A DEUS E AOS DOGMAS DA IGREJA, QUE NUNCA CONDENOU A AUTONOMIA DOS POVOS E DE SEUS TERRITÓRIOS. ÍNDIO É PARA FICAR EM RESERVA E NÃO PARA SER VIOLENTADO NA SUA PRÓPRIA VONTADE DE SE INTEGRAR AO MUNDO CIVILIZADO. ESSES ÍNDIOS, NÓS SABEMOS PELO DEPOIMENTO DELES MESMOS, NÃO QUEREM MAIS ESTAR DENTRO DAS SELVAS. MANTÉM SUA TRADIÇÃO DE LÍNGUAS, COSTUMES E ORNAMENTOS, MAS NÃO SÃO OS MESMOS ÍNDIOS DE OUTRORA, NEM PODERIAM SER. NÃO CONFUNDA IGREJA CATÓLICA COM PARTIDO COMUNISTA OBEDIENTE AO DITADOR DE PLANTÃO.

    • Perfeito Sr. Mav. E tb o Papa e seus Bispos deveriam estar 100% ocupado, preocupados e combatendo como bem diz a Bíblia com a matança desumana de Cristãos na África, Síria, Sudão, Irã, China, Egito, Iraque. Nossa Igreja ocupada, infiltrada por comunistas e socialistas não é de se admirar a pauta que defendem. Espero que os verdadeiros Cristãos acordem logo desse engodo e salvem nossa Igreja.

      • Concordo com você, porque a Amazônia e não aos conflitos de Israel? Também Irã, é muitos outros como a França que já não tem mais florestas, por debaixo desse sínodo da Amazônia tem muito mais coisa feia do que se imagina..
        Sou católica cristã, mas não me furto a questionar a respeito, pedindo sempre a Deus que me dê discernimento pra entender o correto o que vem Dele e o que Ele realmente quer que façamos, como segui-lo de verdade…….infeliz é o homem que confia no homem…..eu prefiro ter discernimento pra confiar somente em Deus…e que Ele nos proteja e nos ilumine nos dando sabedoria…..

      • Sou Católica Apostólica Romana e concordo plenamente contigo! Deus salve e abençoe nosso povo dando muita saúde e sabedoria para defender nosso Brasil com garra e determinação Cristã!
        Muda Brasil! Deus conosco!

  4. Sou de acordo com a preservação, porém cuidado com está ALCATEIA de LOBOS que é a CNBB;É um SINDICATO de BISPOS hereges e que são relativista, comunistas e que impiedosamente vivem na IGREJA junto a ESSES movimentos de classe incentivando invasões de propriedades alheias e etc.Cuidado que os LOBOS estão na santa IGREJA para querer destruila. Vedes as mensagens de Nossa Senhora o que ela fala a respeito desses micróbios perigosicimos correndo a santa PIEDADE do povo CATÓLICO. Vivemos num clima de relativismo. Infelizmente a igreja tem hoje uma cúpula relativista. Cuidado, ser CATÓLICO é ser coerente e inteligente.Dizia o papa Paulo lv:vejo uma fumasa de satanás entrando em alguma fenda da igreja". São a infiltração desses santinhos DENTRO da igreja de Cristo. Que desgraça para nos cristãos católicos ter esse bispo eleito como presidente da dita cuja CNBB. Um sujeito altamente perigosa no que diz respeito à doutrina dogmática da igreja. Oremos.

  5. Acho repugnante pessoas que nunca na vida estiveram aqui na Amazônia, fiquem arrotando besteiras como se nós, Amazônidas,não fôssemos competentes em preservar nosso habitat. Dá nojo, porque somos intensamente ativos nessa empreitada e nunca precisamos de incentivo de movimentos partidários ou qualquer tipo de atividade estrangeira – (muito embora, certos estrangeiros que estão por aqui, façam TUDO,menos preservar o ambiente) – para cumprir COM LOUVOR nosso papel. A igreja católica já fez um estrago mais que suficiente, catequisando os índios de forma tão descuidada,inclusive, muitos indígenas deixaram de falar sua língua natural, graças a influência grotesca da Igreja, que andou interferindo na cultura dos nativos, e de forma muito errada, fez com que os próprios nativos, passassem a rejeitar e se envergonhar de sua cultura, principalmente de sua língua e de seus rituais, afirmando que tais coisas "não tem parte com Deus". Acho a igreja católica, assim como as evangélicas, nocivas SIM para a nossa cultura e nosso habitat natural. QUE FIQUEM LONGE, TEMOS FEITO NOSSO TRABALHO DE PRESERVAÇÃO DE FORMA SATISFATÓRIA.

  6. Esse Papa não é nada popular na Igreja, apenas entre os esquerdistas (que são minoria). Está se enterrando com as próprias mãos. É preciso ver que a grande maioria dos Bispos não pertence a CNBB e será um número pequeno os que vão comparecer ao sínodo. A maioria (80%) declinou do convite do Papa (não é "obrigado a ir" – A Igreja não é uma "instituição política" em que"se não for, cai fora", a Igreja é muito superior a isto). Este sínodo não vai dar em coisa nenhuma.

  7. Como discípulo do eminente Padre Paulo Ricardo e tentando viver como um bom católico,me agoniu com tantas manifestações advindas de instituições de tendencia maxquisista comunista, contrarias ao projeto de Deus em povoar o mundo. Nesse Sínodo preamozonico a ser realizado no Vaticano, claro que inúmeros Bispos simpáticos ao idealismo esquerdista estarão levando ao Papa Francisco suas idéias as quais os mesmos entendem serem propicias ao ensinamento Divino, entretanto não combinam com o amor pregado e vivido por Jesus.
    Nos alegra a presença dos Bispos Dom Flavio Gevanalle e Dom Alberto Taveira, os quais tem vivencia presencial na vida da Igreja Católica nesta grande região brasileira.

  8. Ha décadas a Amazônia vem sendo devastada, pela ganância dos governos anteriores e pelos estrangeiros, onde a nossa biodiversidade vem sendo roubada, os madeireiros desmatam a floresta, as queimadas destroem tudo por onde passam, matando e expulsando os animais. Não lembro de ter visto algum comentário do vaticano, ou dos órgãos estrangeiros sobre o assunto. Se calaram por décadas, então, de repente, acordaram e resolveram defender a Amazônia, assim, do nada? Muito estranho, e tem que ser investigado sim. Aliás, as ONGs deveriam ser esmiuçadas, até se descobrir o real interesse dessa corja na Amazônia! Não vamos cair nesse "conto do vigário" de que a preocupação é somente pela preservação do meio ambiente, por favor! Ninguém é inocente ao ponto de acreditar nisso!

  9. Não compreendo porque o Vaticano se calou por tanto tempo, os governos petistas foram os que mais devastaram a Amazônia e as empresas e ONGs estrangeiras se deliciaram com nossa biodiversidade e o solo da Amazônia. Cadê o vaticano? Cadê a esquerda? Cadê a imprensa sensacionalista? Cadê o Macron? Caladinhos, porque será? Cabe investigação!
    E outra coisa, o Papa deveria se preocupar com a pedofilia na igreja católica, que ceifa vidas humanas. Mas estão caladinhos, porque será?

  10. É um assunto para grande e profunda reflexão; nenhum chefe de Estado deverá se intrometer na soberania de país nenhum. Alguns pensam que a Amazonas Brasileiras é um território que o Brasil anexou; e/ou ainda mesmo uma colônia; esquecem que a Amazonas é o Brasil. E como país, sua soberania deverá, obrigatoriamente, ser respeitada por todas as outras Nações do planete.

  11. TENHO OUVIDO COMENTÁRIOS A RESPEITO DESSE SÍNODO DA AMAZÔNIA.VEJO QUE ESSES COMENTÁRIOS ESTÃO DIVIDINDO A IGREJA CATÓLICA, E ONDE HÁ DIVISÃO, DEUS NÃO ESTÁ PRESENTE.MUITOS BISPOS ESTÃO CONTRA O SÍNODO E ALGUNS A FAVOR.SOU CATÓLICA PRATICANTE E PROCURO SER FIEL A PALAVRA DE DEUS, ISSO É O MAIS IMPORTANTE, PORÉM ESSES COMENTÁRIOS ESTÃO ME DEIXANDO PREOCUPADA COM O QUE PODE ACONTECER NA IGREJA CATÓLICA, POIS MUITAS PESSOAS DO MALDO DO BRASIL, ESTÃO TORCENDO PARA ESSE SÍNODO ACONTEÇA, PESSOAS ESSAS ENVOLVIDAS EM ESCÂNDALOS POLÍTICOS CORRUPTÍVEL E CONTRA O ATUAL GOVERNO DA NAÇÃO BRASILEIRA, GOVERNO ESSE QUE ESTÁ TENTANDO ACABAR COM A CORRUPÇÃO NO PAÍS. A AMAZÔNIA É SOBERANIA NACIONAL, E TODOS OS POVOS TEM QUE RESPEITAR ESSA SOBERANIA .

    • Concordo com você Luiza. Se cada País cuidasse de suas florestas, tudo estaria resolvido -mas não, primeiro acabam com suas florestas e depois querem dar pitaco nos outros……Fala sério velha Europa. chega prá lá. Faça seu tema de casa – não te ensinaram na escola?

  12. NÃO IMPORTA O QUE A MAIORIA DOS POVOS DE TODAS AS NAÇÕES , PENSAM A RESPEITO DO SÍNODO DA AMAZÔNIA , ESTE O QUAL ESTÁ SOB O COMANDO DA CNBB EM QUE OS BISPOS SE REUNEM EM COLÉGIO EBISCOPAL SOB A ORDEM DO SUPLEMO PONTÍFICE , O PAPA FRANCISCO , SUCESSOR DE PEDRO , O 1º PAPA DA IGREJA DE CRISTO ,; QUE LHE DISSE . TU ÉS PEDRO E SOBRE ESTA PEDRA EDIFICAREI MINHA IGREJA . = MT 16,15-19 .POR ISSO A VERDADEIRA IGREJA QUE É JESUS CRISTO , ESTÁ PENSANDO EM FAZER JUSTIÇA E LEVAR A VIDA PARA OS MENOS FAVORECIDOS . , ATRAVÊZ DA EVANGELIZAÇÃO .

  13. É muito interesse na Amazônia, porém o que a igreja católica tem que se meter nesse assunto da forma que está se colocando, pois estamos atentos às coisas em que esse papa está inserido e inserindo não só a igreja como os fiéis a envolverem-se de cabeça nesse assunto. Onde deveria cuidar com mais afinco dos problemas espirituais, religiosos, humanitários como na Venezuela, nos diversos países africanos, no Haiti dentre tantos outros. Isso mostra que por traz desse interesse tem propostas exclusas e muito dinheiro envolvido. Como já sabemos esse papa é ligado totalmente as coisas do mundo é não humanitária, haja vista os seus encontros com Vladimir Putin, defensor do Lula ferrenho, e protetor do Nicolás Maduro pois tem fortuna guardada no banco do Vaticano, ou seja um progressista, socialista e tbm comunista.

  14. Rafael
    O Papa Francisco se esqueceu que na aparição de Fátima, a Virgem Maria disse que a Russia espalharia os erros do comunismo para o mundo. Esta nefasta ideologia caiu de podre e foi derrubada na União Soviética com o apoio do então Papa São João Paulo. Será que Francisco não sabe que a esquerda comunista engana os pobres para ficarem bilhonarios ?

  15. Há 500 anos os países estrangeiros exploram, roubam e destroem nossas riquezas minerais, a fauna e a flora da Amazônia e nunca um papa reuniu um Sínodo para barrar a farra em nossa casa; agora, que temos um presidente que ama e respeita o que é nosso, e mais, que que o brasileiro sim, usufrua de seu patrimônio natural, o papa Francisco vem com essa estória (com "e" mesmo) de salvar a floreta que nos pertence. Porventura os pobre (África, nordeste brasileiro…) podem usufruir do tesouro e do patrimônio do Vaticano, que é o maior e mais rico do mundo?

    Ele pensa que estamos na época do império, quando Portugal, Espanha e Inglaterra e a própria igreja apodreceram com nossas riquezas.

  16. O Papa Francisco, deveria como chefe e líder da igreja católica, se preocupar com a fome e devastação que Maduro esta fazendo na Venezuela, com a Argentina seu país de origem, que está se tornando outra Venezuela, etc….com a pedofilia dentro da igreja, deveria se preocupar em matar a fome dos pobres do mundo do, com o ouro do vaticano, e não aceitar dinheiro da corrupção, milhões e milhões,aliás bilhões depositados no banco do Cativado, inclusive 234 bilhões do lula, dinheiro roubado do povo brasileiro.Isso nos faz questionar???? Com o crer na igreja???? Estamos vivendo momentos difíceis, pensa como os jovens farão suas escolhas , Com o nós como pais e mães, poderemos orientar nossos filhos seguir a igreja??? Fica difícil.

  17. Este papa é um herege , corrupto , deveria cuidar dos interesse da igreja em salvar almas , instruir os fiéis ao invés de ficar de olho grande no financeiro e político , ensinar os mandamentos de CRISTO e principalmente fazer uma varredura nesta pouca vergonha de PADRES PEDÓFILOS e SEITAS existente que se dizem católicas…

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.