Inea tem novo presidente: Carlos Henrique Vaz, ex-Funasa

Inea tem novo presidente: Carlos Henrique Vaz, ex-Funasa

Emanuel Alencar
terça-feira, 8 outubro 2019 21:21
Lucas Tristão indicou o administrador de empresas Carlos Henrique Vaz para comandar o Inea. Foto: Thiago Lontra/Alerj.

RIO – O alto escalão ambiental do governo Witzel sofreu sua primeira grande mudança com vistas ao tabuleiro eleitoral de 2020. O atual presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Cláudio Dutra, deixa o posto e dá lugar ao administrador de empresas Carlos Henrique Vaz, que deixa o comando do Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro (Ipem-RJ). Vaz é uma indicação do advogado Lucas Tristão, secretário de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais e homem de grande prestígio junto ao governador.

O engenheiro Cláudio Dutra é bastante próximo à secretária do Ambiente, Ana Lúcia Santoro, que por ora permanece no cargo. Ambos fizeram carreira profissional juntos da Fundação Rio Águas, órgão da prefeitura do Rio. Desconhecido na área ambiental, Carlos Henrique foi superintendente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) do Rio. Quem o conhece o descreve como uma pessoa de personalidade forte e que não aceita ser contrariado.

Wilson Witzel, Flavio Bolsonaro e Lucas Tristão, que indicou o futuro presidente do Inea, em foto de 2017.

Em uma página de rede social, o futuro presidente do Inea, que deve assumir em alguns dias, traça seu perfil: formado em Administração de Empresas pela Universidade do Estado do Rio (Uerj) e tem MBA em Gerenciamentos em Projetos pela Fundação Getúlio Vargas. Informa que trabalhou “durante quase 15 anos” na concessão Metroviária do Rio de Janeiro, “sendo um dos responsáveis pelo setor de suprimentos”. De 2011 a 2013, acrescenta o currículo, Vaz ficou à frente de todo processo logístico de importação e nacionalização dos novos trens do Metrô Rio.

A saída de Dutra, com apenas nove meses de gestão, marca uma série de mudanças que deverão acontecer no órgão ambiental fluminense. Recentemente, cerca de dez indicações de Marcelo Delaroli (PR), o assessor do presidente Jair Bolsonaro e vice de Romário nas eleições de 2018, deixaram a Diretoria de Biodiversidade, Áreas Protegidas e Ecossistemas (Bibape), do Inea. As vagas ainda não foram preenchidas.

 

Leia Também 

‘O corpo técnico da Secretaria precisa voltar ao planejamento’, diz Ana Lúcia Santoro

Parques do Rio sob as bênçãos de Delaroli, assessor de Bolsonaro

Major da PM assume chefia das UCs federais do Rio

 

1 comentário em “Inea tem novo presidente: Carlos Henrique Vaz, ex-Funasa”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.