Galeria: As belezas da Floresta do Camboatá vista do alto

Marcio Isensee e Sá
sexta-feira, 21 agosto 2020 11:56

A Floresta do Camboatá é o local onde pretendem construir o novo autódromo do Rio. Para o empreendimento acontecer, uma área de aproximadamente 190 hectares e lar de cerca de 146 espécies de árvores, 150 de aves, 19 de mamíferos, 13 de répteis e 19 de anfíbios será desmatada. A decisão para dizer sim ao empreendimento está nas mãos do Instituto Estadual do Ambiente (INEA).

Nesta semana, ((o))eco esteve em Deodoro e fotografou, por cima, a Floresta que o empreendedor insiste em chamar de mato. Documentamos biodiversidade. Veja:

A Floresta do Camboatá tem sua maior área composta por floresta secundária em diferentes estágios. Foto: Marcio Isensee e Sá.
A Mata Atlântica é conhecida por sua rica diversidade de espécies, sendo um dos hotspots mais importantes do mundo. Foto: Marcio Isensee e Sá.
Localizada no bairro de Deodoro, a Floresta do Camboatá possui uma área aproximada de 194 hectares. Foto: Marcio Isensee e Sá.
Alagado em Camboatá. Há registro de jacaré do papo amarelo no local. Foto: Marcio Isensee e Sá.
Disseram que isso tudo aqui era mato. Foto: Marcio Isensee e Sá.
Lar de cerca de 146 espécies de árvores, 150 de aves, 19 de mamíferos, 13 de répteis e 19 de anfíbios. Foto: Marcio Isensee e Sá.

 

 

Leia Também 

No meio do caminho de um autódromo, há uma  floresta

Projeto que anexa Floresta do Camboatá em parque estadual avança na Alerj

Manifestação do público em audiência pública do autódromo do Rio começou meia noite

 

3 comentários em “Galeria: As belezas da Floresta do Camboatá vista do alto”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.