Onça-pintada é flagrada predando cão doméstico

Onça-pintada é flagrada predando cão doméstico

Fabio Pellegrini
domingo, 12 julho 2015 22:10

Foto:
Foto:

Campo Grande (MS) – Imagens de câmeras de segurança de uma casa registraram, no dia 3 de julho, uma onça-pintada (Panthera onca) capturando um cão de estimação na comunidade ribeirinha do Passo do Lontra, no Pantanal de Mato Grosso do Sul. O vídeo foi repassado pelas redes sociais e “viralizou”.

Na primeira cena, a onça-pintada percorre os arredores da casa, explorando o ambiente, provavelmente em busca de alimentos. Na cena seguinte, ao perceber que os três pequenos cães de guarda vêm em sua direção, a onça prepara seu ataque embaixo de uma passarela e abocanha um dos cães. Na cena final, ela segue com o cão capturado rumo à mata enquanto os outros, receosos, a seguem ladrando. Pela nitidez das imagens é possível notar que a onça tem uma coleira em seu pescoço, o que pode significar se tratar de um animal monitorado por um projeto de conservação da espécie.

O proprietário da casa, o pescador Roberto Alves de Souza, 43 anos, conta que esta foi a segunda vez que as câmeras registram uma onça-pintada: “Outro dia ela estava em frente da minha casa. Era dia, até chamei minha esposa para ver. Além disso a gente sempre vê a batida (rastros) dela.”

Roberto, que vive há 25 anos na comunidade, mora há três numa casa de alvenaria construída sobre um pequeno aterro à margem da Estrada-Parque do Pantanal Sul. Trata-se um pequeno lote que garante sua sobrevivência e de sua família no período da cheia pantaneira. “É a última casa da comunidade, a 100m do rio Miranda”, diz ele. O lote é cercado por arame liso e Roberto mantém câmeras de segurança no local por trabalhar no segmento do turismo de pesca, vendendo iscas vivas e alugando barcos e motores de popa. Além disso, sua casa está à beira de uma estrada em faixa de fronteira.

Ele conta que este foi o segundo ataque aos seus cães, apesar de ter um canil feito de alvenaria e tela para proteger os animais. “O Sr. Firmino, que mora do outro lado do rio, já perdeu uns cinco cachorros. A gente brinca que está criando a onça com os cachorrinhos. Não consigo nem criar galinha porque sei que terei prejuízo”.

Roberto afirma que sempre conviveu pacificamente e sabe que ele é o invasor do espaço dos animais. “Moro aqui há 25 anos e sempre foi assim. Elas aparecem tranquilamente, a gente respeita porque sabemos dos riscos”. Além disso, Roberto diz que a presença dos grandes felinos estimula a chegada de mais turistas à região.

Veja os vídeos:

Vídeo 1: Onça-pintada adentra o terreno.

Vídeo 2: Onça se esconde numa passarela e realiza o ataque.

Vídeo 3: Fuga da onça com o cão abocanhado.

 

 

Leia Também
Vídeo captura onça-parda descansando em reserva no Paraná    
Mamirauá: onças-pintadas sobrevivem na selva inundada
Onças abatidas têm cabeças cortadas como troféu

 

 

 

5 comentários em “Onça-pintada é flagrada predando cão doméstico”

  1. Na boa! esse cão de pequeno porte não tem chance nenhuma!! agora coloca um Dogo Argentino na área que verão que a onça não aparece mais!!! esse cão caça Pumas e Javalis enormes!! porém com seus donos a personalidade é tolerante, Protetor, Leal, Amigável, Alegre, Afetuoso.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.