Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Vídeo: O que é racismo ambiental? por Letícia Giannella

Daniele Bragança (Texto), Márcio Lázaro (Vídeo)
domingo, 11 novembro 2018 22:34
Índios do Xingu protestam em Brasília contra enchimento do reservatório da usina de Belo Monte. Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil/Arquivo 2015.

Os direitos das populações em ter um ambiente limpo e equilibrado são negados dependendo qual a posição dessa população na pirâmide social. Uma indústria potencialmente poluente provavelmente não conseguiria se instalar nos bairros mais ricos da cidade, mesmo que o local seja pouco povoado, mas o mesmo não ocorre quando se trata de partes mais pobres e afastadas, mesmo que densamente povoados.

Os danos causados pela exploração desenfreada da natureza são distribuídos desigualmente pelo território e atingem, principalmente, populações vulneráveis, a saber, a população negra, indígena e/ou tradicional. A percepção deste fenômeno cunhou o conceito de racismo ambiental.

“O dano ambiental é distribuído de maneira desigual. Sempre há populações que vão sofrer mais com os danos ambientais do que outras”, explica a geógrafa Letícia Giannella, pesquisadora e professora da Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE/IBGE).

Racismo ambiental é o tema do 42º vídeo da série Pense Verde. Assista:  

Assista:

 

 

Leia Também

Cidade esquecida

Tragédias como Mariana deviam ensinar

Cores da exclusão

 

1 comentário em “Vídeo: O que é racismo ambiental? por Letícia Giannella”

  1. O mesmo desmatamento que é causado por um quilombola para a roça que é considerada "patrimônio cultural" pelo IPHAN fosse causado por um fazendeiro seria chamado de crime ambiental.
    Isso é racismo?
    Se uma imobiliária grilasse um pedaço do Parque Intervales para fazer uma eco pousada haveria uma gritaria pelos socioambientalistas. Se a FUNAI grila um pedaço do Parque Intervales para colocar um grupo guarani vindo do Paraguai que desmata e mata bichos ameaçados os socioambientalistas aplaudem.
    Isso é racismo?

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.