Download PDF
Foto: Adriano Gambarini

Onça espreita por detrás da vegetação. Foto: Adriano Gambarini.

Onças são personagens bem conhecidos pelo imaginário coletivo brasileiro. Aparecem em lendas, mitos, histórias infantis e até na nota de 50 reais. Há quem pense nelas com fascínio, outros com medo, mas poucos são os que realmente as conhecem ou tiveram uma chance de vê-la na natureza. No intuito de tornar acessível esse misterioso universo, quatro autores se juntaram para escrever “Panthera Onca - À sombra das florestas”. O livro, ainda em pré-lançamento, é produto da compilação de anos de estudos, relatos e fotos da onça-pintada. O resultado é um livro com mais de 300 imagens que junto com informações técnicas e pesquisas ajuda a desvendar um pouco o universo e as cenas do dia-a-dia do maior felino das Américas.

A leitura das mais de 300 páginas levam o leitor não apenas a conhecer o animal em si, mas a descobrir a influência das onças na arte e nas tradições indígenas, ou mesmo acompanhar a triste história da caça desenfreada que colocou a espécie na lista vermelha de animais ameaçados de extinção. Mas o livro também aponta caminhos e alternativas para preservação, como o turismo de observação de fauna. A obra é um trabalho conjunto do analista ambiental do ICMBio, Rogério Cunha de Paula; da jornalista da TV Cultura, Laís Duarte; do coordenador do Projeto Onçafari, Mario Haberfeld; e do fotógrafo de natureza, Adriano Gambarini.

Responsável pelos cliques e por aproximar os leitores das onças através das suas fotografias, Gambarini trabalha há mais de 20 anos em parceria com pesquisadores em trabalhos de campo. Os anos dedicados a fotografar esse modelo fugidio e avesso aos flashes rendeu registros íntimos e raros do animal, como a hora da tocaia à presa, o sono, a vigília, a caça e a relação de cuidado e ensinamento com os filhotes.

 

Hora da janta. Foto: Adriano Gambarini.

Hora da janta. Foto: Adriano Gambarini.

O nome científico no título pode assustar os desavisados, mas Gambarini garante que um dos objetivos do livro foi traduzir o conhecimento de pesquisadores, normalmente restrito e inacessível, e torná-lo compreensível ao público geral. Tudo, claro, ricamente ilustrado pelos cliques do fotógrafo, que acredita que a fotografia de natureza tem como missão divulgar, mostrar e encantar. “A gente só respeita o que a gente conhece, e a gente desmistifica trazendo informação séria, mostrando a realidade do animal”, comenta Gambarini sobre unir fotos com fatos no livro, “Quero que o público possa compreender quem é a onça”.

Gambarini comenta ainda que mostrar a onça como personagem de rituais indígenas, onde costuma ser símbolo de poder e força, além de mitos e lendas que circulam sobre o felino também é um aspecto importante para educar o público sobre o animal. “É através da cultura que você traz os elementos da realidade e através da biologia que você educa sobre quem são esses animais e o papel deles na natureza. Era essencial fazer essa relação no livro”.

A obra foi publicada pela Editora Avis Brasilis, com apoio do Ministério da Cultura e patrocínio da Tetra Park. O lançamento no circuito comercial está marcado para dia 18 de fevereiro. Antes disso, entretanto, já é possível comprar o livro através do site.

Clique nas imagens para ampliá-las

_aag8197 1016-04 _aag7081 ag3_0042 _ag90262
_aag5606 _aag8596 _aag9631 _aag9370 _ag90736
_ag93202 _dsc8930 _ipi6420 532-23 766-01
_aag2070 2198ag20 _ag98635
2168fm11 2168fm64 _rsb0430

 

 

Título: “Panthera Onca - À sombra das florestas”
Autores: Adriano Gambarini, Laís Duarte, Mario Haberfeld, Rogério Cunha de Paula
Editora: Avis Brasilis
Páginas: 304 páginas
Preço oficial: R$95,00
Vendas online: www.gambarini.art.br

 


Leia Também

Taiamã, Dia 06: Onça é onça, e ponto final!

O mito das cavernas brasileiras

Os tímidos lobos-guará da Serra da Canastra