Resfriamento ecológico na Suazilândia

domingo, 22 julho 2012 16:00

 

No mundo industrializado, geladeiras fazem parte do cotidiano. No entanto, boa parte delas ainda gasta muita energia e, se não forem descartadas corretamente, o líquido que serve para refrigerar pode causar graves danos ao clima.

Em uma pequena fábrica no pequeno e pobre reino da Suazilândia, são produzidos aparelhos de refrigeração que não prejudicam o meio ambiente.

Apoiada pela Iniciativa Internacional de Proteção ao Clima, seus produtos já estão disponíveis no mercado internacional. O objetivo é gerar empregos e fornecer geladeiras para a população, da forma mais ecologicamente correta possível.

Amplitude do projeto: 70 mil geladeiras por ano

Volume de investimentos: 3,4 milhões de euros

Redução de emissões de CO2: 29 mil toneladas ao ano

Um filme de Inga Sieg

Esse conteúdo é publicado em uma parceria de ((o))eco com a Deutsche Welle, emissora pública alemã
 


Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.