Salada Verde

Últimos dias para capturar e vender o caranguejo-uçá

Defeso da espécie começa em janeiro e se estende por três períodos. Captura e comercialização da espécie ficam proibidas em dez estados

Sabrina Rodrigues ·
19 de dezembro de 2017 · 4 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Defeso do caranguejo-uçá (Ucides cordatus) começa em janeiro. Foto: Tarciso Leão/Flickr.
Defeso do caranguejo-uçá (Ucides cordatus) começa em janeiro. Foto: Tarciso Leão/Flickr.

 

Em duas semanas entra em vigor o período de defeso do caranguejo-uçá (Ucides cordatus), o início da época de reprodução da espécie, quando a captura e comercialização da espécie fica proibida. A regra se aplica nos estados do Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia.

É em janeiro que começa a chamada “andada” do caranguejo, que marca o início da fase reprodutiva da espécie. A proibição se justifica por ser a maneira encontrada para garantir a reposição da espécie.

O defeso em 2018 está dividido em três períodos:

  • 1° Período: 2 a 7 de janeiro e 17 a 22 de janeiro.
  • 2° Período: 1º a 6 de fevereiro, e 16 a 21 de fevereiro.
  • 3° Período: 2 a 7 de março, e 18 a 23 de março.

A Instrução Normativa Interministerial nº 6, que regulamenta o defeso, determina ainda que as pessoas físicas ou jurídicas com atividades relacionadas ao caranguejo-uçá deverão informar ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ou ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) a relação detalhada dos estoques de animais até o último dia útil que antecede cada período de andada. Os estoques transportados devem estar acompanhados, da origem ao destino final, de autorização emitida pelo Ibama.

Saiba Mais

Instrução Normativa Interministerial MAPA/MMA No – 6,de 16 de janeiro de 2017

Leia Também

Suspensão de portaria sobre defeso passa a ser pauta urgente

Governo revisará proibição da pesca de espécies ameaçadas

Governo recorre ao STF e defeso volta a ser suspenso

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Notícias
11 de janeiro de 2016

Governo recorre ao STF e defeso volta a ser suspenso

Portaria que liberava pesca em época de reprodução dos peixes foi anulada pelo Congresso, mas Supremo decidiu pela manutenção da medida

Notícias
7 de janeiro de 2015

Governo revisará proibição da pesca de espécies ameaçadas

Após pressão e protesto, representantes dos pescadores ganham direito a participar de reuniões que podem afrouxar restrições.

Salada Verde
29 de outubro de 2015

Suspensão de portaria sobre defeso passa a ser pauta urgente

Decreto legislativo que anula norma que libera pesca em época de reprodução dos peixes vai tramitar em regime de urgência.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta