Salada Verde

Regra que flexibiliza transporte de animais silvestres preocupa Ibama

Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) vota hoje (23), regulamentação que pode tirar do Ibama autoridade para aprovar o trânsito das espécies

Sabrina Rodrigues ·
23 de agosto de 2018 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Arara-canindé (Ara ararauna) – Foto: Deni Williams/Flickr.

Uma nova regulamentação sobre o transporte de animais silvestres que está prevista para ser votada hoje (23) pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) está desagradando o Ibama. Isso porque a medida não prevê que o órgão fiscalizador precise autorizar o processo, que ficaria a cargo dos órgãos ambientais estaduais.

Para os defensores do novo texto, não há sentido a existência de dois documentos, o certificado e a licença para transportar, bastando um certificado de origem.

O Processo n.º 02000.000980/2015-61, capítulo III, no que se refere à autorização, o novo texto proposto por entidades como Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais (Renctas) e a Associação de Proteção ao Meio Ambiente de Cianorte (APROMAC) determina: “Não será exigida autorização específica para o transporte, bastando que os dados e as informações do animal e da transferência estejam disponíveis na plataforma nacional de compartilhamento e integração de dados e informações”. E continua: “Enquanto não for implantada a plataforma nacional, o animal será transportado acompanhado de autorização de transporte emitida pelo órgão ambiental do Estado de origem, mediante prévia anuência do Estado de destino”.

Para o Ibama isso facilitará o tráfico de animais, por tornar menos rígidas as normas de transporte das espécies. O órgão federal sugere que “Enquanto não for implantada a plataforma nacional, os animais serão transportados acompanhados de autorização de transportes emitida pelo órgão ambiental competente nos termos da Lei Complementar nº 140, de 08 de dezembro de 2011”.

Em relação a votação, o CONAMA informou que a presidente do Ibama e conselheira Suely Guimarães de Araújo, solicitou a retirada de pauta da Proposta de Resolução que define as categorias de atividades ou empreendimentos e estabelece critérios gerais para a autorização de uso e manejo, em cativeiro, da fauna silvestre e da fauna exótica.

*Editado às 20h53min de 23/08/2018.

 

Leia Também

Entrou em vigor lei que retira poderes do Ibama

Maior traficante de animais silvestres do país é denunciado por lavagem de dinheiro

O que é o IBAMA

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Dicionário Ambiental
16 de dezembro de 2013

O que é o IBAMA

Sua missão é proteger o meio ambiente e assegurar a sustentabilidade no uso dos recursos naturais. Entenda como faz isto neste guia ((o)) eco.

Notícias
17 de abril de 2018

Maior traficante de animais silvestres do país é denunciado por lavagem de dinheiro

Ministério Público Federal na Paraíba estima que Valdivino Honório de Jesus lavou dinheiro do tráfico por pelo menos cinco vezes e obteve um patrimônio de R$ 1,3 mi

Notícias
13 de dezembro de 2011

Entrou em vigor lei que retira poderes do Ibama

Lei no 140/2011: ela restringe o Ibama, descentraliza a gestão ambiental e acaba por transferir boa parte dela para estados e municípios.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta