Salada Verde

Projeto Meros do Brasil abre vagas para pesquisadores e estagiários

Voltado para a conservação de meros (Epinephelus Itajara), projeto seleciona profissionais para atuarem em nove estados. Processo seletivo está aberto

Sabrina Rodrigues ·
5 de março de 2018 · 4 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
As inscrições para supervisores, pesquisadores e estagiários vão até o dia 07 de março. Foto: Áthila Bertoncini.

O Projeto Meros do Brasil, que desenvolve pesquisas com o objetivo de conservar os meros (Epinephelus Itajara), uma das espécies de peixes marinhos mais ameaçadas da costa brasileira, acaba de entrar em uma nova fase. Patrocinado pela Petrobras, o projeto abriu vagas para supervisores, pesquisadores e estagiários em nove estados. O processo seletivo vai até o dia 07 de março, exceto para estagiários cujo o prazo vai até o dia 9. A contratação é de  20 meses.

São nove vagas para supervisor, uma vaga por ponto focal distribuídos entre os estados do Pará, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina, totalizando 9 vagas. A remuneração é de R$ 64 mil em 20 meses, correspondendo a R$ 3,2 mil por mês. No caso de pesquisador júnior são ao todo 8 vagas, uma para cada estado os mesmos estados de supervisor, com apenas Alagoas ficando de fora. Os pesquisadores selecionados receberão R$ 34 mil no mesmo período de tempo dos supervisores, ficando R$ 1. 700,00 por mês.

Com carga total de 30 horas semanais, os estagiários irão receber um R$ 500,00 mais ajuda de transporte de R$ 50,00 por mês. As vagas estão distribuídas em uma vaga para os pontos focais Pará, Pernambuco, Alagoas, Rio de Janeiro, São Paulo, duas vagas para Espírito Santo, e duas para o Paraná, alcançando nove vagas no total.

Para mais informações sobre como se candidatar às vagas em cada estado, basta clicar nos links abaixo:

Processo seletivo para Supervisor

Processo seletivo para Pesquisador júnior

Processo seletivo para estagiários

 

*Editado às 11h57min de 06/03/2018 para retificar o prazo de inscrição para estagiários que será até o dia 09 de março e não 07 de março.

Leia Também

Meros serão protegidos até 2023

ICMBio contrata profissionais para elaboração de curso a distância

Funbio seleciona consultor para atuar na ampliação de Abrolhos

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Salada Verde
1 de agosto de 2017

Funbio seleciona consultor para atuar na ampliação de Abrolhos

Processo seletivo é para levantar informações para subsidiar o processo de ampliação do Parque Nacional Marinho de Abrolhos. Inscrições vão até 10 de agosto

Salada Verde
8 de janeiro de 2018

ICMBio contrata profissionais para elaboração de curso a distância

Prazo para envio de currículo vai até o dia 19 de janeiro. Os técnicos selecionados irão trabalhar na produção de conteúdo do curso

Notícias
21 de outubro de 2015

Meros serão protegidos até 2023

Espécie criticamente ameaçada de extinção ganhou mais oito anos de moratória. Pesca e reprodução lenta dificulta reposição da espécie.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 3

  1. Marco Gaspar diz:

    Só gostaria de saber baseado em que falam que o mero está em extinção, se são encontrados com facilidade em beira de praias de Búzios, por exemplo.


  2. Advento diz:

    É o peixe mais brigador e esportivo da costa brasileira na minha opinião. Em alto mar o Dourado e o Marlyn são mais brigadores mas nas pedras esse Mero tem seu valor. Tomara que o projeto dê muito certo.


  3. Marcia Lires diz:

    Abrem seleção e divulgam amplamente, mas não divulgam os resultados. No mínimo estranho não? Porquê não divulgar os resultados, como fizeram na seleção?