Salada Verde

Mais da metade da flora que só existe no Rio de Janeiro está ameaçada

Das 884 espécies endêmicas, 513 estão perto da extinção. Os dados foram revelados no Livro Vermelho da Flora Endêmica Ameaçada de Extinção, lançado na quarta-feira (06)

Sabrina Rodrigues ·
7 de junho de 2018 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Guarajuba (Terminalia acuminata), árvore reencontrada nos Parques Nacional da Tijuca e Estadual da Serra da Tiririca. Foto: Ana Huara/Wikipedia.

Das 884 espécies da flora que só existem no estado do Rio de Janeiro, 513 estão ameaçadas de extinção. A informação vem do Livro Vermelho da Flora Endêmica Ameaçada de Extinção — estudo que apresenta a primeira lista das espécies ameaçadas da flora do estado lançado nesta quarta-feira (06).

A publicação é resultado de um trabalho de três anos que envolveu a participação de mais de cem pesquisadores nacionais e estrangeiros. O trabalho motivou a criação do Plano de Ação Nacional para a Conservação da Flora Endêmica, outra publicação que também foi lançada no evento, ocorrido no Jardim Botânico, Rio de Janeiro.

O Rio de Janeiro é o habitat de grande parte das espécies da flora da Mata Atlântica, consideradas raras e que foram redescobertas em unidades de conservação, como é o caso da guarajuba (Terminalia acuminata), reencontrada nos Parques Nacional da Tijuca e Estadual da Serra da Tiririca.

Faça aqui o download da publicação

 

Leia Também

Estado do Rio regenerou 41 km² de Mata Atlântica

Rio lança projeto para conter desmatamento na Mata Atlântica

O que é o bioma Mata Atlântica

 

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Dicionário Ambiental
4 de setembro de 2014

O que é o bioma Mata Atlântica

Neste guia, ((o))eco apresenta as características do mais povoado, populoso e ameaçado dos biomas nacionais.

Notícias
26 de junho de 2017

Rio lança projeto para conter desmatamento na Mata Atlântica

Em 2016, o estado perdeu mais de 700 mil m² de floresta. Rio de Janeiro foi o município que mais desmatou, seguido por Rio Bonito, Mangaratiba e Parati

Notícias
6 de fevereiro de 2017

Estado do Rio regenerou 41 km² de Mata Atlântica

SOS Mata Atlântica divulgou o ranking dos municípios fluminenses que mais regeneraram o bioma. Casimiro de Abreu foi a cidade que mais recuperou a floresta em 30 anos

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Andreia diz:

    Não tem um link pra publicação ? Uma informação de onde encontrar, acessar o livro???? Ou o Plano???