Salada Verde

Imagem de pescadores artesanais ganha concurso da Oceana

Clique de Chico Rasta ganhou o primeiro lugar no I Concurso de Fotografia da ONG, que teve como tema "Meu lar é o mar: retratos da vida nos oceanos" 

Daniele Bragança ·
19 de julho de 2020 · 1 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Uma fotografia que retrata pescadores artesanais trabalhando na praia de Bitupitá, em Barroquinha, no Ceará, deu ao fotógrafo e jornalista Chico Rasta o primeiro lugar no Concurso de Fotografia da Oceana, ONG dedicada à proteção dos oceanos. O resultado da premiação foi divulgado na sexta-feira (17).

O concurso tinha como tema “Meu lar é o mar: retratos da vida nos oceanos” e recebeu mais de 250 trabalhos do país inteiro. O júri, formado pelo fotógrafo Luciano Candisani, a recordista mundial de surfe em ondas gigantes Maya Gabeira, o artista Oskar Metsavaht, a jornalista Paulina Chamorro e o repórter cinematográfico Paulo Zero, escolheu três fotografias vencedoras.

Chico Rasta, em primeiro lugar, receberá um Drone Dji Spark e um kit completo da Oceana. Em segundo, o fotógrafo Christian Knepper ganhou GoPro Hero 7 Black e um kit completo da Oceana. Por último, o fotógrafo e documentarista Enrico Marone, que também fotografou a pesca artesanal, ganhou um estabilizador para filmagem em celular e um kit completo da Oceana.

“Agradecemos e parabenizamos todos os participantes do concurso, especialmente os três vencedores, que trouxeram a pesca sustentável e a biodiversidade marinha em belíssimas imagens”, disse o diretor-geral da Oceana, o oceanólogo Ademilson Zamboni. “Lançamos esse concurso na intenção de trazer as pessoas para perto do mar. Queremos com essa iniciativa lembrar a sociedade da urgência de combater a poluição dos oceanos e promover a pesca sustentável”, afirmou.

Veja as fotografias vencedoras:

A imagem vencedora retrata a pesca artesanal na praia de Bitupitá, em Barroquinha, no Ceará. Captada pela lente do fotógrafo Chico Rasta, a cena mostra pescadores se equilibrando em estacas de madeira cravadas no fundo mar para realizar a manutenção dos currais de pesca, que chegam a ser construídos em até 15 quilômetros da praia, conforme a maré. Foto: Chico Rasta.
O olhar do fotógrafo Christian Knepper sobre cardumes de tralhotos, conhecidos popularmente como peixes-de-quatro-olhos, leva o segundo prêmio do concurso. A imagem foi captada em São Luís, no Maranhão, região de manguezais onde esses cardumes surgem perto das margens e praias.  Foto: Christian Knepper.
A pesca artesanal também é tema da imagem enviada pelo fotógrafo e documentarista Enrico Marone, que retrata um cerco flutuante na Ponta da Juatinga, baía da Ilha Grande, em Paraty, Rio de Janeiro. O fotógrafo registra um método artesanal passado de geração em geração entre as famílias da região. Ali, os pescadores vão ao cerco duas ou três vezes ao dia para a despesca. Foto: Enrico Marone.

 

Leia Também 

Aberto concurso internacional de fotografia de áreas úmidas

Concurso de fotografia #diadaarvoredoeco

Lançado concurso de fotografia de animais silvestres

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Salada Verde
22 de outubro de 2018

Lançado concurso de fotografia de animais silvestres

Conexão Planeta e o Observatório de Justiça e Conservação (OJC) estão promovendo a segunda edição da competição. Interessados têm até o dia 31 de outubro para enviar fotos

Notícias
21 de setembro de 2013

Concurso de fotografia #diadaarvoredoeco

Neste Dia da Árvore e até a próxima sexta tire uma foto da sua favorita, mande para ((o))eco e concorra a um livro

Salada Verde
13 de novembro de 2018

Aberto concurso internacional de fotografia de áreas úmidas

Secretariado da Convenção Ramsar mantém aberto o concurso até meia noite do dia 25 de novembro. Ganhador receberá uma câmera fotográfica digital Canon

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. jtruda diz:

    Dinheiro internacional que deveria ir pra CONSERVAÇÃO MARINHA sendo usado pra babação de ovo de pescador.