Salada Verde

Ibama apreende madeira ilegal em 17 serrarias em Roraima

Durante operação, agentes embargaram área de 572,93 hectares explorada ilegalmente e suspenderam as atividades de quatro empresas. Fiscais aplicaram 43 autos de infração

Sabrina Rodrigues ·
21 de março de 2019 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Toras encontradas na mata ao fundo de uma das empresas que não teve o nome divulgado. Foto: Ibama/Divulgação.

Fiscais do Ibama com o apoio das Polícias Civil e Militar do estado de Roraima encontraram madeira sem procedência legal em 17 das 18 serrarias inspecionadas nos municípios de Rorainópolis, Caracaraí, São Luiz e São João da Baliza. Na operação realizada na terça-feira (19), os agentes apreenderam mais de 4 mil metros cúbicos de madeira, o equivalente a 200 caminhões adaptados para o transporte do produto.

Segundo o Ibama, agentes ambientais embargaram área de 572,93 hectares explorada ilegalmente e suspenderam as atividades de quatro empresas, que não tiveram os nomes divulgados.

Durante a operação, os fiscais encontraram ainda 1881 toras nativas na mata ao fundo de uma das empresas. Os agentes estimam que mais 2 mil toras estejam ocultas sob o pó da serragem. O estabelecimento foi autuado por dificultar a ação de fiscalização, além de apresentar informações falsas e pelo lançamento de resíduos sólidos a céu aberto.

Os agentes ambientais aplicaram 43 autos de infração, no total de R$ 6,63 milhões.

 

*Com informações da Assessoria de Comunicação do Ibama.

 

Leia Também

Ibama apreende madeira nativa da Amazônia em pátio da Vale

Megaoperação combate extração de madeira ilegal em áreas protegidas do Maranhão

PF desmonta esquema de exploração ilegal de madeira no Amapá

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Salada Verde
6 de fevereiro de 2019

PF desmonta esquema de exploração ilegal de madeira no Amapá

Organização criminosa envolvia agentes públicos e empresários do ramo de serraria, em Macapá, que fraudavam documento para explorar madeira ilegal

Reportagens
18 de julho de 2016

Megaoperação combate extração de madeira ilegal em áreas protegidas do Maranhão

Quadrilha movimentou mais de R$60 milhões. Trezentos policiais federais, apoiados por servidores do IBAMA, MPF e BOPE MA, estão em campo desde a semana passada.

Notícias
7 de maio de 2018

Ibama apreende madeira nativa da Amazônia em pátio da Vale

Foram mais de 14 mil dormentes confiscados no pátio da Estrada de Ferro Carajás, no Maranhão. Peças eram para a construção de trilhos para ferrovia da Mineradora

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta