Salada Verde

Greta Thunberg e Pearl Jam se unem em novo videoclipe da banda

Greta Thunberg, conhecida por ter iniciado o movimento global “Fridays For Future”, participou do novo videoclipe do Pearl Jam, “Retrograde”

Márcio Lázaro ·
18 de maio de 2020 · 1 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Greta Thunberg aparece no novo videoclipe do Pearl Jam. Acima, montagem com duas fotos de divulgação. Uma da banda e outra da Greta. Eles não posaram juntos para essa foto. Imagem: Divulgação/Márcio Lázaro.

A ativista ambiental Greta Thunberg, conhecida por ter iniciado, através de suas greves em frente ao parlamento sueco, o movimento global “Fridays For Future”, participou do novo videoclipe do Pearl Jam, “Retrograde”. O videoclipe estreou na quinta-feira (14). 

O vídeo, dirigido pelo australiano Josh Wakely, traz a temática das catástrofes ambientais, apresentadas em uma bola de cristal manuseada por Greta. Como a linguagem do vídeo segue uma linha de animação, a ativista permitiu que sua imagem fosse utilizada na edição, sem que precisasse sair da quarentena causada pela pandemia da COVID-19.

Assista “Retrograde” no canal oficial da banda no YouTube:

Banda é conhecida por seu ativismo na área ambiental

O Pearl Jam tem longo histórico de engajamento ambiental através de suas canções, como “Oceans” (Ten, 1991), “Do The Evolution” (Yield, 1998), “Whale Song” (Music for Our Mother Ocean Vol. 3., 1999 e Lost Dogs, 2003) “Big Wave” (Pearl Jam, 2006), “Unthought Known” e “Amongst the Waves” (Backspacer, 2009) e “Retrograde” (Gigaton, 2020), bem como mais de 20 anos de ativismo através do financiamento direto de reflorestamento e conservação de florestas (inclusive no Brasil).

O vocalista Eddie Vedder, em seu discurso de entrada da banda no Rock and Roll Hall of Fame em 2017, um momento solene para o grupo e os fãs, fez questão de abordar a questão das mudanças climáticas:

“As mudanças climáticas são reais. Isso não é “fake news”. E não podemos ser a geração em que a história do mundo olhará para trás e se perguntará “por que eles não fizeram todo o humanamente possível para resolver a maior crise de nosso tempo? ”.

O site oficial possui o portfólio de mitigação de carbono da banda (https://pearljam.com/acts/carbon). Desde 2003, o Pearl Jam calcula a emissão de dióxido de carbono de suas turnês e destina parte dos lucros para projetos de mitigação em todo o mundo.

 

Leia Também 

Música misturada com ativismo ambiental

A música que a Natureza precisa

Música contra a emenda constitucional das terras indígenas

 

  • Márcio Lázaro

    Jornalista, repórter cinematográfico, editor de vídeo e imagens, mestre em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento (UFRJ).

Leia também

Notícias
16 de abril de 2015

Música contra a emenda constitucional das terras indígenas

Cantoria comemora Dia do Índio, ataca agronegócio predatório e PEC 215, legislação que enfraquece direitos indígenas e áreas protegidas

Colunas
16 de março de 2017

A música que a Natureza precisa

A educação ambiental deve buscar encantar as pessoas como uma música, que as aproxime da natureza e as afaste das escolhas destrutivas

Reportagens
29 de janeiro de 2011

Música misturada com ativismo ambiental

Artistas também estão preocupados com o planeta. Fizemos um Top 10 de canções que chamaram a atenção para a causa ambiental

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 2

  1. Carlos diz:

    Nossa, que matéria interessante. Diria até fundamental. Parabéns ao jornal.


  2. Prem Babão diz:

    Agora sim! Tudo vai ficar bem. Vai passar…Fique em casa! Gratidão! Luz!