Salada Verde

Bolsonaro assina decreto que proíbe uso de fogo por 60 dias

Com a medida, publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (29), não será permitida a prática de queima para limpeza do solo e eliminação de resíduos

Sabrina Rodrigues ·
29 de agosto de 2019 · 2 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O decreto tem caráter excepcional e temporário. Foto: Marcos Corrêa/PR.

Foi publicado nesta quinta-feira (29), no Diário Oficial da União, o Decreto Nº 9.992 assinado pelo presidente Jair Bolsonaro que suspende por 60 dias o emprego do fogo em todo o território nacional. A norma é uma tentativa de deter as queimadas que atingem a Amazônia e que gerou uma crise internacional.

O decreto estabelece que não serão permitidas atividades que utilizem o fogo para limpeza do solo e nem para eliminação de resíduos produzidos por madeireiras. Ficam de fora da proibição, os seguintes casos: de controle fitossanitário, desde que seja utilizado pelo órgão ambiental competente; prática de prevenção e combate a incêndios e de agricultura de subsistência executadas por populações tradicionais e indígenas. 

O decreto tem caráter excepcional e temporário e faz parte de um pacote de medidas para o combate às queimadas que está sendo preparado pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que tem viagem marcada na próxima semana para a região Norte do país. Na semana passada, perguntado se iria visitar áreas desmatadas na Amazônia, o ministro-chefe da Casa Civil disse que tinha compromisso “mais importante”.

 

Leia Também

Em reunião com governadores, Bolsonaro ataca terras indígenas

Senadores protocolam requerimentos para criar CPIs da Amazônia e das ONGs

“Dia do Fogo” foi promovido por grupo no whatsapp chamado “SERTÃO”

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Salada Verde
27 de agosto de 2019

“Dia do Fogo” foi promovido por grupo no whatsapp chamado “SERTÃO”

Grileiros, garimpeiros e fazendeiros eram os membros que organizaram o dia e contrataram motoqueiros para espalharem fogo. Governo foi avisado três dias antes das queimadas

Salada Verde
28 de agosto de 2019

Senadores protocolam requerimentos para criar CPIs da Amazônia e das ONGs

Na terça-feira (27), os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Plínio Valério (PSDB-AM) colheram assinaturas para a instauração de duas comissões com objetivos diferentes

Notícias
27 de agosto de 2019

Em reunião com governadores, Bolsonaro ataca terras indígenas

Em meio à crise ambiental, presidente defendeu explorar mineração em encontro com governantes de 9 estados da Amazônia Legal marcado para discutir queimadas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Paulo diz: