Salada Verde

MP 458 é vitória dos ambientalistas, diz Minc

Isso é o que pensa o ministro Carlos Minc, que fez questão de enviar hoje (15), via assessoria, mensagem reafirmando tal posição

Salada Verde ·
15 de maio de 2009 · 12 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

A aprovação na Câmara da MP 458/09, que facilita a “regularização fundiária” na Amazônia, foi uma “vitória dos ambientalistas”. Isso é o que pensa o ministro Carlos Minc, que fez questão de enviar hoje (15), via assessoria, mensagem reafirmando tal posição. Segundo Minc, o fato de os ruralistas não terem conseguido derrubar as cláusulas condicionantes que garantiriam a preservação do bioma “consagrou o princípio da legalidade ambiental”. Nas cinco votações de destaques, que modificariam o texto original, a base ruralista perdeu por 90 votos contra 190. Entre as condicionantes propostas pelo Ministério do Meio Ambiente que fazem parte do texto aprovado estão a perda do título de propriedade para quem desobedecer exigências ambientais, veto ao desmatamento para quem receber o título da terra e obrigatoriedade da recomposição de áreas de Preservação Permanente e Reserva Legal. Tudo isso conseguido por um “vigoroso trabalho de convencimento” de Minc com os parlamentares. “Poderemos responsabilizar e punir quem cometer crimes ambientais e, melhor ainda, incentivar e apoiar quem produzir de forma sustentável e conservando a floresta”, disse Minc. É esperar para ver.

Leia também

Notícias
18 de junho de 2021

Duas onças-pintadas e outros 17 animais são encontrados mortos no Pantanal

Polícia suspeita de envenenamento. Animais foram encontrados porque uma das onças estava sendo monitorada com colar transmissor de sinal GPS

Notícias
18 de junho de 2021

Contagem regressiva para Um Dia no Parque, evento que celebra as áreas protegidas

No dia 18 de julho, daqui há um mês, ocorrerá o evento que tem como objetivo promover e valorizar as unidades de conservação brasileiras

Reportagens
18 de junho de 2021

PL aprovado na Câmara transfere responsabilidade do licenciamento para empreendedor, analisam pesquisadoras

Em conversa com ((o))eco, as analistas Joana Chiavari e Luiza Antonaccio, do Climate Policy Initiative, afirmam que proposta inverte a lógica do licenciamento

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta