Notícias

Vídeo: É possível fazer pecuária sustentável na Amazônia? Por Laurent Micol

Diretor do grupo Investimentos e Governança explica que é possível uma pecuária sem desmatamento através da implantação de tecnologias e investimentos disponíveis

Sabrina Rodrigues · Marcio Isensee e Sá ·
2 de setembro de 2018 · 3 anos atrás
Foto: ICV Instituto Centro de Vida/Flickr.

Considerado o vilão do meio ambiente, vetor do desmatamento, o poluidor das águas e quem mais emite gás de efeito estufa e degrada os solos, a pecuária na Amazônia concentra 40% do rebanho bovino brasileiro, com 85 milhões de cabeças de gado, o que corresponde a mais de três vezes a população humana da região, de 25 milhões de habitantes.

O boi se tornou o maior problema ambiental da região e encontrar formas para desenvolver uma pecuária menos prejudicial ao meio ambiente é um desafio. Mas para Laurent Micol, diretor do grupo  Investimentos e Governança PECSA (Pecuária Sustentável da Amazônia), empresa de gestão e parceria agropecuária, a combinação de tecnologias, investimentos e capacidade de gestão são capazes de gerar uma pecuária sustentável na Amazônia.

Laurent Micol explica em poucas palavras qual a missão da PECSA e como é possível fazer uma pecuária diferente da que está por aí.

 

Assista:

 

Leia Também

O drible do gado: a parte invisível da cadeia da pecuária

“Sob a Pata do Boi” ganha prêmio no Festival Fredd, em Toulouse

Intensificação da pecuária no Mato Grosso pode liberar 16 milhões de hectares

 

 

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Reportagens
26 de agosto de 2016

Intensificação da pecuária no Mato Grosso pode liberar 16 milhões de hectares

Especialistas debatem como reduzir espaço destinado a gado e conter perdas de florestas com políticas públicas e condicionantes para crédito na agropecuária

Notícias
9 de abril de 2018

“Sob a Pata do Boi” ganha prêmio no Festival Fredd, em Toulouse

Documentário de ((o))eco em parceria com o Imazon ganhou o Prix One Hour, oferecido pelo Ministério da Cultura da França. O filme mostra o impacto da pecuária no desmatamento da floresta

Reportagens
25 de julho de 2017

O drible do gado: a parte invisível da cadeia da pecuária

Ao longo da criação do boi, falta monitorar os produtores do início da cadeia, chamados de indiretos, para impedir pastos em áreas desmatadas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta