Notícias

Oportunidade: ((o))eco abre vaga para estágio

Estudantes que se interessem por jornalismo ambiental e que estejam cursando a partir do 5º período já podem enviar currículo. Vaga para o Rio de Janeiro

Redação ((o))eco ·
29 de janeiro de 2020 · 1 anos atrás
Em seus 15 anos de existência, ((o))eco já produziu mais de 28 mil reportagens, notícias, ensaios fotográficos e vídeos. Foto: Pixabay.

Com uma história de 15 anos no jornalismo ambiental, o site ((o)) eco está em busca de um estagiário apaixonado por meio ambiente e em contar boas histórias para somar esforços com nossa equipe de repórteres nessa missão de ser a voz dos que não têm voz: as plantas, os bichos e as unidades de conservação.

A vaga de estágio é para trabalhar na redação do site no Rio de Janeiro.

Serão aceitos alunos a partir do 5º período de qualquer curso que tenham interesse em jornalismo especializado em temáticas ambientais – de política e legislação, à iniciativas de conservação – e em comunicá-las bem.

A carga horária é de  5h diárias. Os interessados podem enviar currículo para [email protected].

Serviço: Estágio jornalismo: ((o))eco
Carga Horária: 05 horas diárias, de segunda a sexta.
Trabalho na redação e Home Office.
Bolsa: 1.000 reais + 200 reais de ajuda de custo.
Local: Rio de Janeiro, capital.

 

*Termina nesta terça-feira (11/02) o prazo para envio de currículos para estágio em ((o))eco. Envie seu currículo para [email protected]

 

Leia Também

((o))eco faz 15 anos pronto para mais 15

 

Leia também

Colunas
25 de agosto de 2019

((o))eco faz 15 anos pronto para mais 15

A única ferramenta de evitar ou ao menos frear o risco absolutista é a educação e a informação. Daí, a renovada importância do ((o))eco

Salada Verde
23 de julho de 2021

Registro raro mostra uma mamãe onça com seu filhote na Serra do Mar

A cena foi flagrada por um armadilha fotográfica instalada pela equipe do Programa Grandes Mamíferos da Serra do Mar, que monitora a presença de animais como a onça-pintada e a anta na região

Análises
23 de julho de 2021

Termo ‘savanização’ precisa ser revisto nos discursos sobre degradação florestal

Associar a savana à ideia equivocada de que esta seria uma vegetação degradada e pobre favorece o discurso de que não há nada a ser conservado

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta