Governo volta atrás e mantém semana do clima em Salvador

Daniele Bragança
domingo, 19 maio 2019 15:21
Foto: Ciro Amado/Wikipédia.

O Ministério do Meio Ambiente voltou atrás e deixará a Climate Week Latin America ser sediado no país. A semana do clima é um evento regional da Convenção do Clima da ONU que acontecerá de 19 a 23 de agosto. No começo da semana, o ministro Ricardo Salles não apenas cancelou o evento no país como afirmou que a reunião internacional só serviria para “a turma fazer turismo e comer acarajé”. O prefeito da capital baiana, ACM Neto (DEM), iniciou as tratativas para manter o evento na capital baiana, mesmo sem apoio do governo federal.

A Climate Week não é um evento preparatório para a Conferência das Partes do Clima, que ocorrerá no Chile após desistência do Brasil em sediá-lo. É uma reunião dedicada a negócios e troca de experiências para a crise do clima, e envolve maciçamente o setor privado.

Após desdenhar do evento, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, justifica o recuo com base na Agenda de Qualidade Ambiental Urbana e no Pagamento por Serviços Ambientais, dois assuntos ditos prioritários de sua gestão.

Em nota divulgada agora à tarde, o Ministério do Meio Ambiente afirma que mudou de posição após discutir o assunto com o prefeito de Salvador e o ministro das Relações Exteriores.

Leia a nota na íntegra.

 

Leia Também 

Prefeito contraria Salles e diz que quer manter semana do clima em Salvador

Temendo protestos, ministro manda cancelar reunião sobre clima em Salvador

 

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.