Bicicultura 2016: as bicicletas no holofote

Duda Menegassi
domingo, 22 maio 2016 18:06
Foto: Guilherme Kardel/flickr.
Quatro dias dedicados a magrela. Foto: Guilherme Kardel/flickr.

As bicicletas vão dominar São Paulo no feriadão de 26 a 29 de maio durante o Bicicultura 2016, encontro nacional de mobilidade por bicicleta e cicloativismo. O evento, que será realizado na Praça das Artes, na Galeria Olido e na Praça Ramos de Azevedo, tem como objetivo unir os entusiastas das magrelas para estimular a cultura de bikes, além de debater políticas de mobilidade urbana.

A entrada é franca e a programação inclui palestras, painéis, oficinas e mesas com especialistas, além da exposição de fotografias, apresentações culturais ao ar livre e até um campeonato de BMX, Flatland, Bike Trial e Bike Polo. Ao longo do evento também será realizada a 1ª Mostra de Vídeos do Bicicultura. E no dia 27, todos os ciclistas estão convocados para uma bicicletada nacional.

O evento pretende explorar a bicicleta sobre múltiplos pontos de vista para debate, cultural, social, político, artístico, econômico e ambiental. O diretor de participação da Associação de Ciclistas Urbanos de São Paulo (Ciclocidade) e líder da Rede Bicicleta para Todos, Daniel Guth, reforçou o objetivo do encontro: “A retomada do Bicicultura é uma demonstração de força e liderança da sociedade civil para enfrentar os debates sobre os novos paradigmas da mobilidade urbana no país”.

As pedaladas do Bicicultura 2016 foram organizadas pela própria sociedade civil, através da União de Ciclistas do Brasil (UCB), Ciclocidade, Instituto CicloBR e o Instituto Aromeiazero. O evento conta com o apoio da Prefeitura de São Paulo e outras instituições, em sua maioria ligadas à causa ciclística. Para custear o evento, além dos patrocínios, o evento contou com uma campanha de crowdfunding.

O diretor administrativo da UCB, Guilherme Tampieri, não esconde suas expectativas sobre o Bicicultura 2016: “O Brasil voltará sua atenção para um evento sobre bicicletas na maior cidade brasileira, e isso ajudará a ratificar e dar capilaridade à importância de uma política pública para bicicletas que contemple ações imediatas e planejamento urbano integrado a outras políticas, como de moradia, de uso do solo, de estacionamento, de transporte coletivo, e para os pedestres”.

Confira o vídeo do evento:

Bicicultura 2016

Quando: De 26 a 29 de maio

Local: Praça das Artes, na Galeria Olido e na Praça Ramos de Azevedo (São Paulo).

Veja a programação completa aqui.

 

Leia Também

Andar de bicicleta é 6 vezes mais barato do que de carro

Motorista recebe desafio de trocar o carro pela bicicleta

Uma expedição de bicicleta dentro da Floresta Amazônica

1 comentário em “Bicicultura 2016: as bicicletas no holofote”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.