Notícias

Após doação de terras, Chile cria mais dois parques nacionais

País recebe área doada da Fundação Conservação Tompkins que junto com outras terras federais formarão uma rede de parques com quase o tamanho da Suíça

Sabrina Rodrigues ·
31 de janeiro de 2018 · 4 anos atrás
Parque Pumalín. Foto: Luis Cruz/Flickr.

 

A presidente do Chile, Michelle Bachelet e Kristine McDivitt Tompkins — presidente e CEO da Conservação Tompkins –, assinaram nesta quarta-feira (31) os decretos de criação dos Parques Nacionais Pumalín e Patagônia do Chile. É a maior doação de terras feitas por uma entidade privada no país. A área doada é de 404.686 hectares.

A ação é apenas o início de um compromisso firmado em 2017, entre a presidente do Chile e de Kristine McDivitt Tompkins, para a criação de uma rede de cinco novos parques nacionais no país e a expansão de outros três.

Com a iniciativa, o Chile espera alcançar mais de 4.046.856 hectares: um milhão doados pelos Tompkins, mais 9 milhões de acres de terras federais do Chile. Em escala, é três vezes maior que os famosos parques de Yosemite e Yellowstone juntos, ou quase o tamanho da Suíça.

Com a assinatura dos decretos, a presidente Michelle Bachelet assume um papel de protagonista na conservação. “Com essas belas terras, suas florestas, seus ricos ecossistemas, nós ampliamos a rede de parques para mais de  4.046.856 hectares. Assim, teremos um aumento de 38,5% para 81,1% de áreas protegidas no Chile”, afirmou Bachelet, em discurso.

A Fundação Tompkins foi criada há 25 anos pelo empresário americano Douglas Tompkins, também fundador das empresas North Face e Espirit. Doug, como era chamado pelos amigos, investiu a sua fortuna na conservação da natureza com a criação de instituições como a Conservation Land Trust (CLT) e passou  a liderar o desenvolvimento de projetos de proteção de grandes áreas no Chile e na Argentina. Após a sua morte, sua esposa deu continuidade aos seus projetos. “Estou orgulhosa do meu marido Doug e sua visão que continua a guiar-nos, para além de toda a nossa equipe, para completar estes dois parques nacionais e uma rede mais ampla, um marco importante dos nossos primeiros 25 anos de trabalho”, disse Kristine Tompkins.

O Parque Nacional Pumalín e o Parque Nacional Patagônia do Chile serão destinos-chave na rede de parques de Patagônia chilena. Estes parques já estão abertos ao público.

Assista ao vídeo sobre os Parques:

 

Leia Também

Chile anuncia a criação de reserva marinha em Congresso

Chile anuncia criação de terceiro maior parque marinho do mundo

Copa do Mundo das áreas protegidas: Chile

 

 

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Notícias
13 de junho de 2014

Copa do Mundo das áreas protegidas: Chile

Na Copa das áreas protegidas o Chile sempre foi freguês do Brasil. Saiba mais sobre os Parque Nacionais deste país que estreia na Copa 2014 contra a Austrália.

Notícias
7 de outubro de 2015

Chile anuncia criação de terceiro maior parque marinho do mundo

Com o anúncio de duas novas áreas protegidas, uma delas em torno da Ilha de Páscoa, país passa a proteger 12% de seu território marinho.

Salada Verde
5 de setembro de 2017

Chile anuncia a criação de reserva marinha em Congresso

Área protegida foi anunciada, em 2015, pela presidente Michelle Bachelet. Mas, governo chileno deixou decisão final nas mãos do povo indígena rapanui

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. paulo diz:

    Parabéns a todos, que concretizaram estes Parques Nacionais no Chile.