Notícias

Agência Nacional de Águas vai para o Ministério do Desenvolvimento Regional

Criado a partir da fusão dos Ministérios das Cidades e da Integração Nacional, pasta ficará responsável pela política nacional de recursos hídricos

Daniele Bragança ·
2 de janeiro de 2019 · 2 anos atrás
Ministério do Desenvolvimento Regional ficará responsável pela Política Nacional de Recursos Hídricos. Foto: Pixabay.

A Agência Nacional de Águas deixa o Ministério do Meio Ambiente para ser incorporada ao Ministério do Desenvolvimento Regional, pasta surgida da fusão dos Ministérios das Cidades e da Integração Nacional. O novo Ministério será responsável pelas políticas nacionais de recursos hídricos e de segurança hídrica, além da política nacional de saneamento. A mudança faz parte da medida provisória editada nesta terça-feira (01) e que traz a reorganização da nova administração pública federal.

A medida provisória, assinada pelo presidente da República e pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, foi publicada logo após a posse.

O Conselho Nacional de Recurso Hídricos passará a ser presidido pelo ministro do Desenvolvimento Regional, o servidor Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto, que antes exercia o cargo de secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional.

Sem filiação partidária, Gustavo Canuto é servidor de carreira. Graduado em Engenharia de Computação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), também trabalhou nas Secretarias de Aviação Civil e Geral da Presidência da República e na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

 

Saiba Mais

Medida Provisória Nº 870, de 1º de Janeiro de 2019

Leia Também 

ANA sai em defesa das matas ciliares

Água paga

ONGs denunciam Brasil à ONU por violar direito à água e ao saneamento

 

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Salada Verde
21 de março de 2018

ONGs denunciam Brasil à ONU por violar direito à água e ao saneamento

No Fórum Mundial da Água, entidades entregam documento ao relator especial da ONU com lista de violações feitas pelo Brasil contra o direito humano à água e ao saneamento

Reportagens
12 de maio de 2006

Água paga

Três anos depois, o dinheiro arrecadado pela cobrança do uso da água na Bacia do Rio Paraíba do Sul traz vantagens ambientais para a região. Ela está mais limpa.

Notícias
25 de abril de 2011

ANA sai em defesa das matas ciliares

Em oposição a proposta de Aldo Rebelo, parecer da Agência Nacional de Águas sustenta que é preciso manter largura de 30 metros nas margens dos rios

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta