Notícias

Participe da pesquisa de opinião do observatório do clima

Novo acordo do clima será assinado este ano e Observatório quer ouvir a opinião sobre qual deve ser a posição brasileira nas negociações.

Redação ((o))eco ·
9 de abril de 2015 · 6 anos atrás

O Observatório do Clima e o Climate Reality Project Brasil estão fazendo uma pesquisa sobre qual deveria ser posição brasileira na negociação do novo acordo do clima, que será assinado neste ano em Paris.

O governo brasileiro deverá se comprometer com uma meta voluntária de emissões para o ano de 2030, assim como foi decidido pelos países participantes das últimas duas Conferências das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas.

Este documento, que o governo brasileiro irá submeter às Nações Unidas nos próximos meses, deverá esclarecer, dentre outras coisas, como a meta brasileira vai contribuir para alcançar o objetivo acordado na Convenção do Clima em Copenhague de manter o manter o aumento da temperatura média global abaixo de 2 °C.

Pensando nisso, o Observatório do Clima, junto com o Climate Reality Project Brasil, resolver realizar uma pesquisa para saber a opinião do leitor sobre a qual a meta que o Brasil deveria adotar.

O tempo de preenchimento do questionário é de 10 minutos. São 20 questões. Os resultados serão divulgados no site do Observatório até o final de abril. A autoria da resposta não será divulgada. Clique aqui para preencher o formulário.

O objetivo da pesquisa é compilar as opiniões em um documento que apresente uma visão da sociedade brasileira sobre a contribuição do nosso país para evitar os piores efeitos das mudanças climáticas. Esses dados serão enviados ao governo brasileiro posteriormente.

 

Saiba Mais
Pesquisa de Opinião: Qual deve ser a Contribuição do Brasil para a Convenção do Clima em Paris?

Leia Também
Mudanças do clima reduzem produção de alimentos    
Novo estudo sobre clima muda opinião de cientistas céticos    
Brasil na Cúpula do Clima: retrocesso e oportunidade perdida

    

Leia também

Análises
17 de setembro de 2021

O Brasil no coração da conservação mundial da natureza

O Congresso da IUCN anunciou a agenda de conservação da natureza para a próxima década, invocando os governos a empreender uma recuperação baseada na natureza no pós-pandemia

Notícias
17 de setembro de 2021

Ministério cria programa para fazer o que a Agência Nacional de Águas já faz

Lançado nesta sexta (17), o Rio+Limpos tem como objetivo disponibilizar dados sobre qualidade das águas e fomentar ações de melhoria e saneamento, competências historicamente feitas pela ANA

Notícias
17 de setembro de 2021

Tocantins vende terras públicas invadidas a R$ 3,50 o hectare

Valor é o mais baixo entre os estados da Amazônia, revela estudo do Imazon. Além do preço irrisório, Tocantins tem pior colocação no ranking de transparência

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta