Onça ferida por tiro acaba atropelada

Vandré Fonseca
quinta-feira, 12 dezembro 2013 23:31

Animal ferido por tiro morreu atropelado na BR174. Crédito das imagens: Ibama
Animal ferido por tiro morreu atropelado na BR174. Crédito das imagens: Ibama

Manaus, AM – A cena é triste: uma imponente onça pintada caída na beira da BR-174, que corta a Floresta Amazônica para ligar Manaus (AM) a Boa Vista (RR). Atropelada no Km 62 da rodovia, sabe-se lá por quem. O motorista desapareceu, nem ele nem o veículo foram identificados.

A Polícia Rodoviária Federal foi chamada, mas quando chegou não pode fazer muita coisa. O bicho morreu a caminho do posto policial. Preocupados com a possibilidade do cadáver alimentar o tráfico ilegal de peles e outras partes do animal, os policiais entregaram a onça ao Ibama.

Onças atropeladas não são comuns, ainda mais durante o dia em uma rodovia com pouco movimento, segundo conta o chefe do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama em Manaus, o veterinário Diogo Lagroteria. A onça morta era um macho de 60 quilos.

Provavelmente não foi uma casualidade. Um exame do bicho revelou que ele havia sido alvejado pouco antes de atravessar a pista asfaltada. “O tiro não teria sido suficiente para matar a onça, mas a gente imagina que ela tenha sido atingida por caçadores e estava fugindo”, conta Lagroteria. “Devia estar atordoada quando tentou atravessar a rodovia”, completa.

Depois de passar pelo Ibama, o animal foi entregue à coleção do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). Coletou-se carrapatos e amostras para análises genéticas. Ao contrário de outros felinos resgatados ou mortos, dessa vez sabe-se com precisão onde ela foi encontrada.

 

 

Veja também
Vídeo: onça-pintada passeia na recepção do Parque do Iguaçu
ONG familiar dá abrigo a onças pintadas
Boqueirão da Onça : o parque que virou mosaico

 

 

 

1 comentário em “Onça ferida por tiro acaba atropelada”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.