Notícias

Onça ferida por tiro acaba atropelada

Em acidente raro, onça-pintada morreu na BR-174, no Amazonas, mas Ibama descobriu que ela tinha sido baleada antes do acidente.

Vandré Fonseca ·
12 de dezembro de 2013 · 8 anos atrás

Animal ferido por tiro morreu atropelado na BR174. Crédito das imagens: Ibama
Animal ferido por tiro morreu atropelado na BR174. Crédito das imagens: Ibama

Manaus, AM – A cena é triste: uma imponente onça pintada caída na beira da BR-174, que corta a Floresta Amazônica para ligar Manaus (AM) a Boa Vista (RR). Atropelada no Km 62 da rodovia, sabe-se lá por quem. O motorista desapareceu, nem ele nem o veículo foram identificados.

A Polícia Rodoviária Federal foi chamada, mas quando chegou não pode fazer muita coisa. O bicho morreu a caminho do posto policial. Preocupados com a possibilidade do cadáver alimentar o tráfico ilegal de peles e outras partes do animal, os policiais entregaram a onça ao Ibama.

Onças atropeladas não são comuns, ainda mais durante o dia em uma rodovia com pouco movimento, segundo conta o chefe do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama em Manaus, o veterinário Diogo Lagroteria. A onça morta era um macho de 60 quilos.

Provavelmente não foi uma casualidade. Um exame do bicho revelou que ele havia sido alvejado pouco antes de atravessar a pista asfaltada. “O tiro não teria sido suficiente para matar a onça, mas a gente imagina que ela tenha sido atingida por caçadores e estava fugindo”, conta Lagroteria. “Devia estar atordoada quando tentou atravessar a rodovia”, completa.

Depois de passar pelo Ibama, o animal foi entregue à coleção do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). Coletou-se carrapatos e amostras para análises genéticas. Ao contrário de outros felinos resgatados ou mortos, dessa vez sabe-se com precisão onde ela foi encontrada.

 

 

Veja também
Vídeo: onça-pintada passeia na recepção do Parque do Iguaçu
ONG familiar dá abrigo a onças pintadas
Boqueirão da Onça : o parque que virou mosaico

 

 

 

Leia também

Notícias
21 de junho de 2021

Estado do Rio reconhece sua 100ª reserva particular

A marca da centésima Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) foi alcançada na última semana. Reservas correspondem a mais de 8.400 hectares protegidos no estado

Reportagens
21 de junho de 2021

Coalizão entre ciência e sociedade acena com esperança para a Baía de Guanabara

Universidade do Mar buscará potencializar parcerias para enfrentamento da problemática socioambiental da baía mais populosa e degradada do Estado do Rio de Janeiro

Salada Verde
21 de junho de 2021

Salles exonera superintendente do Ibama no Acre

Helen de Freitas Cavalcante ficou três meses no cargo. Antes de assumir a superintendência do Ibama, advogada atuava na defesa de infratores ambientais

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta