Notícias

Livro aborda a Biodiversidade Catarinense

Lançado no dia 1º de julho, publicação dirigida aos professores do ensino básico de Santa Catarina está disponível de graça em formato PDF.

Redação ((o))eco ·
16 de julho de 2013 · 8 anos atrás
Imagem do livro
Imagem do livro

Acaba de sair do forno o livro “Biodiversidade catarinense: características, potencialidades e ameaças”, criado para ser usado nas salas de aula do ensino fundamental de Santa Catarina. A novidade é que a obra – fruto de um trabalho de mais de três anos – está disponível de graça em formato PDF.

Como é dirigido aos professores da Educação Fundamental, o livro utiliza linguajar acessível, é fartamente ilustrado e dividido em 9 capítulos. Ameaças ao ecossistema estadual, detalhes sobre espécies e populações, além de discussão sobre cadeias alimentares fazem parte da publicação, que poderá ser usada em aulas de Ciências, Biologia e Geografia.

O livro de 250 páginas foi coordenado pelos professores doutores Lúcia Sevegnani e Edson Schroeder e traz contribuições de grandes pesquisadores que estudam a biodiversidade de Santa Catarina, como o Dr. Roberto Miguel Klein, Dr. Raulino Reitz e recentemente com as informações advindas do Inventário Florístico Florestal, coordenado pelo Dr. Alexander Vibrans – FURB, bem como das informações zoológicas e geológicas vindas de pesquisas feitas no Estado.

A motivação para a criação da obra foi a dissertação da estudante Rosilda Stürmer, defendida em 2009, e que despertou a atenção de Lúcia Sevegnani para um problema que parecia dominar os livros didáticos de todo o país: em suas páginas, a Mata Atlântica aparecia sempre como um bioma devastado, quase extinto. Sobre Santa Catarina, então, as poucas informações se resumiam, muitas vezes, às florestas de araucárias do Planalto Serrano. “Percebemos que faltava uma boa base de informações para os professores ensinarem sobre o tema, para envolverem as crianças neste assunto”, relembra.

A obra foi financiada pela Agência de fomento à pesquisa do Estado de Santa Catarina (FAPESC) com apoio da FURB, sai pela editora da FURB.

A publicação também pode ser vista aqui ou pode ser baixada neste link.

Leia também

Salada Verde
23 de julho de 2021

Registro raro mostra uma mamãe onça com seu filhote na Serra do Mar

A cena foi flagrada por um armadilha fotográfica instalada pela equipe do Programa Grandes Mamíferos da Serra do Mar, que monitora a presença de animais como a onça-pintada e a anta na região

Análises
23 de julho de 2021

Termo ‘savanização’ precisa ser revisto nos discursos sobre degradação florestal

Associar a savana à ideia equivocada de que esta seria uma vegetação degradada e pobre favorece o discurso de que não há nada a ser conservado

Notícias
22 de julho de 2021

Ibama fecha acordo com agência japonesa para monitoramento via satélite da Amazônia

Acordo de cooperação foi assinado nesta quinta-feira e terá duração de 5 anos. Expectativa do Ibama é aumentar precisão da detecção de desmatamento na Amazônia

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta