O que é um Parque Nacional

((o))eco
quinta-feira, 24 abril 2014 20:41

O desenvolvimento das sociedades humanas sempre impacta o meio ambiente. Com o objetivo de preservar de grandes áreas naturais, sua fauna e flora, surgem, no final do século XIX, os primeiros Parques Nacionais: áreas naturais, administradas direta ou indiretamente pelo Estado, destinadas à conservação de seus aspectos naturais e culturais para a posteridade e como símbolo representativo de uma nação.

Embora ideias para este tipo de área protegida já existissem, coube aos Estados Unidos criarem em 1872 o primeiro, o Parque Nacional de Yellowstone. No Brasil, quem inaugurou a categoria foi o Parque Nacional de Itatiaia, criado em 1937.

A União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN), através de sua Comissão Mundial de Áreas Protegidas, definiu Parque Nacional, como tipo de área protegida da Categoria II, definida por: “área natural extensa de terra ou mar de grande relevância para a conservação da natureza e da biodiversidade, destinada a: (1) proteger a integridade ecológica de um ou mais ecossistemas para as gerações presentes e futuras; (2) excluir a exploração ou ocupação não ligadas à proteção da área; e (3) prover as bases para que os visitantes possam fazer uso educacional, lúdico, ou científico de forma compatível com a conservação da natureza e dos bens culturais existentes”.

A classificação da IUCN define as áreas protegidas de acordo com os seus objetivos de gestão, que são reconhecidos internacionalmente por vários governos nacionais e pela ONU. Essa divisão fornece um padrão interternacional para a definição de áreas protegidas e serve como base para legislações nacionais, inclusive a brasileira, a Lei 9.985 de 2000 conhecida como Lei do SNUC (Sistema Nacional de Unidade de Conservação).

No Brasil, os Parques Nacionais são a mais popular e antiga categoria de Unidade de Conservação. O SNUC inclui o Parque Nacional no grupo de Unidades de Conservação de Proteção Integral. Segundo a legislação brasileira, estas devem “preservar ecossistemas de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas, realização de atividades educacionais e de interpretação ambiental, recreação e turismo ecológico, por meio do contato com a natureza”. Por isso, Parques Nacionais fechados ao público são incompatíveis com os objetivos ditados pelo SNUC.

Os Parques Nacionais, assim como outras unidades de conservação federal, são geridos pelo ICMBIO – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade.

Em geral, quando os Parques estão fechados ao público é porque ainda não completaram os seus Planos de Manejo, documento que detalha os limites de utilização e visitação de cada parque, baseado nos riscos que correm sua fauna e flora.

Atualmente, o Brasil tem 69 Parques Nacionais. Você pode conferir todos eles no WikiParques, a enciclopédia interativa sobre áreas protegidas, criada pelo ((o))eco.

 

 

Leia também
O que é o SNUC
O que é uma espécie bandeira
O que são os Comitês de Bacias Hidrográficas

 

 

 

7 comentários em “O que é um Parque Nacional”

  1. Artigo super teórico e abstrato. Plano de manejo foi uma péssima, lastimável tradução de management plan. Nos EUA, não é um simples zoneamento, como aqui. E, fundamentalmente, nos EUA os parques permitem a visita das pessoas, com excelente infraestrutura de estadia, estradas pavimentadas, campings, pousadas para vários níveis de idade, trilhas bem demarcadas e com cavacos de madeira no chão, 3-4 metros de largura, também para todas as idades e níveis de dificuldades. Aqui é que é essa chatice sem fim, com os restaurantes do Parque Nacional da Tijuca sendo desativados porque um "gestor" (argh) assim decide, não gosta de humanos dentro do parque.

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.