Colunas

Onça-pintada, uma homenagem ao maior felino das Américas

O 29 de novembro agora é o dia oficial da Onça-Pintada, animal majestoso, nosso maior felino, nomeada a partir de agora símbolo da biodiversidade brasileira

30 de novembro de 2018 · 3 anos atrás
  • Adriano Gambarini

    É geólogo de formação, com especialização em Espeleologia. É fotografo profissional desde 92 e autor de 14 livros fotográfico...

 

Escrevo enquanto trabalho no Xingu para comemorar um dia especial. Ontem, 29 de novembro, foi o primeiro ano em que se comemora nesta data o dia da Onça-Pintada. Mas não é de agora que escrevo sobre esta espécie tão emblemática, muitas vezes alvo de longos e polêmicos debates técnico-científicos. Em duas décadas dedicadas à documentação sistemática da onça-pintada e os principais projetos de pesquisa em torno da espécie, produzi inúmeras matérias e blogs em tempo real para o ((o))eco, publicações em diversas revistas brasileiras e edições ao redor do mundo da National Geographic, além de dois grandes livros: Panthera Onca – À Sombra das Florestas, em 2016, e A Onça na Cultura Pantaneira, no início deste ano.

Entretanto, há cerca de 15 dias recebi uma ligação com a seguinte incumbência: produzir um vídeo mostrando a importância e beleza da onça-pintada de uma maneira simples, direta e que transmitisse uma mensagem positiva. Ronaldo Morato, chefe do CENAP/ICMBio (Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros), um dos veterinários pioneiros em pesquisas com onças no Brasil e um amigo de longa data, me ligou perguntando se eu tinha material em vídeo suficiente para produzir um filme comemorativo. Aceitei sem pestanejar, e lá fui eu juntar todos os arquivos em vídeo que produzi nestes últimos anos de dedicação aos dois livros sobre a espécie. Nas incontáveis viagens que fiz para o Pantanal, Cerrado e Amazônia para fotografar a onça-pintada, sem muito compromisso fui também produzindo pequenos filmes. Material bruto organizado, era o momento de pensar num roteiro que pudesse construir uma história positiva e que honrasse este que é o maior felino das Américas! Fui buscar a ajuda de Laís Duarte para escrever um roteiro e fazer a narração. Jornalista da TV Cultura e minha amiga parceira na autoria de cinco livros, Laís é responsável por um longa relação de reportagens de altíssima qualidade sobre os biomas e a biodiversidade brasileira, projetos de pesquisa e pautas relacionadas à ecologia e conservação.

E o resultado está no início deste post: um vídeo que homenageia a Onça-Pintada, nomeada agora como o Símbolo da Biodiversidade Brasileira, e também todos os cenários fantásticos de nossos biomas, com suas matas, campos, montanhas e igarapés. Boa viagem!

 

Leia Também

Um livro para conhecer (e ver) as onças de perto

Taiamã, Terra das Onças

Pantanal: as aventuras para recapturar Dr. Wonderful

 

 

Leia também

Colunas
5 de outubro de 2011

Taiamã, Terra das Onças

Acompanhe os detalhes e veja as fotos da expedição à estação ecológica no Mato Grosso que vai estudar o comportamento das onças em região com turismo.

Notícias
26 de janeiro de 2017

Um livro para conhecer (e ver) as onças de perto

Compilação de pesquisas e fotografias, “Panthera Onca - À sombra das florestas” aproxima leitores do misterioso universo do maior felino das Américas

Notícias
18 de junho de 2021

Duas onças-pintadas e outros 17 animais são encontrados mortos no Pantanal

Polícia suspeita de envenenamento. Animais foram encontrados porque uma das onças estava sendo monitorada com colar transmissor de sinal GPS

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Paulo diz: