Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Prefeitura de Uruará entra em ação contra fiscalização do Ibama que queimou maquinário

Daniele Bragança 
quinta-feira, 7 maio 2020 20:31
Carregamento de madeira extraído ilegalmente da Terra Indígena Cachoeira Seca, em 2018. Crime ambiental continua ocorrendo no local. Foto: Vinícius Mendonça/Ibama.

A prefeitura de Uruará, no Pará, entrou com uma ação na Justiça contra a operação do Ibama de combate ao desmatamento ilegal na Terra Indígena Cachoeira Seca, no sudeste do Pará. Na terça-feira (05), um fiscal do Ibama foi agredido com uma garrafa na cabeça após a operação destruir maquinário usado na retirada e transporte de madeira. O MPF se pronunciou pela improcedência da ação.

Nesta quinta-feira (07), uma manifestação do Ministério Público Federal foi encaminhada à Justiça Federal em Santarém, pedindo o fim da ação. Para o MPF, a ação defende interesses escusos de infratores ambientais, os mesmos que atacaram violentamente os fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) no início da semana, e deve ser considerada improcedente, pelos riscos ambientais e também por favorecer a disseminação da covid-19 na região.

A Terra Indígena Cachoeira Seca ficou em terceiro lugar na lista das Terras Indígenas mais desmatadas da Amazônia, entre agosto de 2018 a julho de 2019. Desde o começo de 2020, mais de 8 mil hectares de floresta foi desmatado na terra indígena, que sofre com a ação de invasores não-indígenas e madeireiros ilegais. A operação de fiscalização cumpre uma recomendação do Ministério Público Federal, feita na semana passada.

 

Leia Também 

Fiscal do Ibama é agredido por madeireiro no Pará

Desmatamento em Terras Indígenas sobe 65% e alcança maior cifra em 10 anos

 

 

4 comentários em “Prefeitura de Uruará entra em ação contra fiscalização do Ibama que queimou maquinário”

  1. É brincadeira, é o serviço publico (prefeitura) defendendo os crimes praticados.
    O que é estar de rabo preso (ganhou tem que devolver), propina velha rola solto.

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.