O Brasil tem áreas protegidas demais?
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O Brasil tem áreas protegidas demais?

Observatório do Clima
quarta-feira, 13 março 2019 14:23

Tem gente influente espalhando que o Brasil protege tanto suas florestas que ficou inviável expandir a produção de alimentos. A gente até poderia responder que não há futuro para a agricultura sem a conservação das florestas, dos solos e da água, ou mesmo relembrar que somos o país que mais desmata e extingue espécies ameaçadas, além de possuir 50 milhões de hectares de terras degradadas, subtilizadas ou abandonadas pelo agronegócio. Mas é tanta desinformação que resolvemos desenhar pra deixar tudo explicadinho.

E não custa lembrar: hoje, o país têm mais áreas destinadas à agropecuária (245 milhões de hectares) do que áreas protegidas (216 milhões de hectares). O Brasil tem espaço de sobra para proteger o clima, conservar sua diversidade e comunidades, e ainda se tornar o maior produtor de alimentos, fibras e bioenergia do mundo. Basta ampliarmos as técnicas de produtividade em todo pais para expandir a atual produção de alimentos sem nenhum desmatamento. Pra isso, precisamos apenas usar nosso território com inteligência.

 

 

Leia Também 

O que é grilagem e o que ela tem a ver com o desmatamento na Amazônia

Mapa global das áreas degradadas

Por que o aumento da destruição da Mata Atlântica não surpreende

 

2 comentários em “O Brasil tem áreas protegidas demais?”

  1. Ótima explanação, porém, os céticos/negacionistas apresentam dados (ainda que manipulados) ditos científicos, da Embrapa. É preciso citar as fontes desses números para que possamos debater com os negacionistas!

  2. O problema é que os 216 milhões de hectares citados de áreas protegidas incluem todas as categorias do SNUC, principalmente as Unidades de Conservação de Uso Sustentável, nas quais a proteção está muito mais no papel do que na realidade! Se o foco é biodiversidade, são nas Unidades de Proteção Integral "regularizadas" em que se pode apostar maior proteção!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.