Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Manual de sobrevivência na quarentena: como visitar os parques sem sair de casa

Redação ((o))eco
quinta-feira, 2 abril 2020 14:26
As belezas do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães podem ser conhecidas através da websérie Pé no Parque. Foto: Fábio Nascimento/PénoParque.

Parques nacionais fechados. Quarentena. Isolamento social. O atual momento exige de todos paciência e reclusão para evitar a maior disseminação do novo coronavírus pelo Brasil. Mas virtualmente, ainda é possível curtir, passear e se impressionar com as belezas e histórias dos parques brasileiros. Uma das opções é maratonar a websérie Pé no Parque, com 5 temporadas disponíveis gratuitamente online, na qual o espectador fará uma viagem por diferentes biomas brasileiros, da frondosa Mata Atlântica à imensidão do Cerrado, à força surpreendente da Caatinga e à majestade da Amazônia.

A série, apresentada por ((o))eco e produzida por WikiParques, percorre os parques nacionais de São Joaquim (SC), Superagui (PR), Serra da Capivara (PI), Chapada dos Guimarães (MT) e Anavilhanas (AM) e explora paisagens onde a natureza é a maior protagonista. Nessa jornada são ouvidas as histórias de personagens locais que tiveram suas vidas transformadas ao perceber a importância da proteção da natureza e que, com seus olhares e experiências, nos apresentam o parque e ajudam a entender o porquê dele ser tão especial.

Cada temporada de Pé no Parque possui 4 episódios com cerca de 5 minutos de duração cada. A direção da série é feita pelo fotógrafo Marcio Isensee e Sá, que dirigiu também o documentário Sob a Pata do Boi (2018), e roteirizada pela jornalista ambiental Duda Menegassi, autora do livro “Travessias – Uma aventura pelos parques nacionais do Brasil”. A roteirista conta que o objetivo da série é despertar o interesse das pessoas sobre os parques e aproximá-las das áreas protegidas, assim como da ideia de conservação da natureza.

“A beleza é uma poderosa ferramenta de conservação porque ela traduz de forma muito simples, por meio de imagens, o quão importante e especial é aquele lugar. A partir das belas imagens filmadas nos parques, que guardam paisagens impressionantes e muitas vezes desconhecidas pelas pessoas, junto com as histórias emocionantes de personagens locais, esperamos fazer o público valorizar mais os parques e a proteção da natureza. Além, é claro, de estimular a visitação dessas áreas”, explica. Em tempos de prevenção ao coronavírus, entretanto, a visitação fica por conta do audiovisual. “A missão da série talvez se torne ainda mais importante durante esse momento de quarentena, para nos lembrar dessa conexão com o mundo lá fora, com o mundo natural e o quanto ele nos traz bem-estar”, completa.

O Parque Nacional de Anavilhanas é o protagonista da 5ª temporada da série. Foto: Marcio Isensee/PénoParque.

Passeio online pelo Google StreetView

Outra opção de estar em contato, ainda que virtual, e conhecer as áreas protegidas é através da ferramenta de fotos 360° do Google StreetView. A plataforma, em parceria com o ICMBio, disponibiliza várias fotos panorâmicas que permitem uma visitação online de atrativos em parques como o Parque Nacional do Pantanal Matogrossense (MT), Parque Nacional do Itatiaia (RJ) e até mesmo o Parque Nacional Marinho de Abrolhos (BA)

Os parques nacionais estão com a visitação suspensa por tempo indeterminado desde o dia 17 de março, quando, de acordo com as orientações do Ministério da Saúde, as unidades de conservação fecharam a porta para visitantes para evitar aglomerações que poderiam agravar a transmissão do novo coronavírus.

 

Leia Também 

Suspensa visitação em unidades de conservação federais por tempo indeterminado 

Serra da Capivara é a protagonista da 3ª temporada do Pé no Parque

Galeria: No dia do Cerrado, as belezas da Chapada dos Guimarães

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.