Manchas de óleo atingem Baía de Todos os Santos
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Manchas de óleo atingem Baía de Todos os Santos

Sabrina Rodrigues
quinta-feira, 17 outubro 2019 19:44
Manchas de óleo no litoral baiano. Foto: Governo da Bahia.

As manchas de óleo que tomam conta do litoral nordestino há 45 dias chegaram à Baía de Todos os Santos, considerada a maior baía do Brasil e a segunda maior do mundo, nesta quinta-feira (17). Com isso, sobe para nove o número de cidades baianas atingidas pelas manchas, com 26 localidades atingidas.

As manchas, que chegaram no estado no dia 03 de outubro, já alcançaram as praias de Jaburu, Barra Grande e Barra do Pote, no município de Vera Cruz, além da Ilha de Itaparica, que fica na região metropolitana de Salvador.

Na segunda-feira (14), o governador em exercício, João Leão (Partido Progressista) assinou um decreto emergencial que libera recursos para seis municípios do estado que foram atingidos pelo óleo no litoral. O decreto que terá validade de 60 dias a partir da publicação incluiu os seguintes municípios: Camaçari, Conde, Entre Rios, Esplanada, Jandaíra, Lauro de Freitas. O valor a ser recebido por cidade vai variar de acordo com o volume das manchas e o tamanho da orla do município.

Na terça-feira (15), o Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) entraram, com ação civil pública contra a União e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) solicitando à Justiça que medidas emergenciais sejam iniciadas dentro de 24 horas e concluídas em quatro dias, como a instalação de barreiras de contenção para controlar a expansão das manchas de óleo, por exemplo.

Localidades afetadas pela mancha. Fonte: Boletim/Ibama.

 

Leia Também 

Governo da Bahia decreta situação de emergência por causa de manchas de óleo

Sergipe vai à Justiça para União custear limpeza de praia

Manchas de óleo de origem indefinida são encontradas em 43 praias do Nordeste

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.