Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Desmatamento na Amazônia aumenta em janeiro

Sabrina Rodrigues
sexta-feira, 1 março 2019 1:05
Desmatamento proveniente de garimpo ilegal na Terra Indígena Munduruku, no Pará, que está entre as dez mais desmatadas segundo lista divulgada pelo Imazon. Foto: Vinícius Mendonça/Ibama.

O desmatamento na Amazônia aumentou 54% no mês janeiro, em comparação com o mesmo período do ano anterior, passando de 70 quilômetros quadrados perdidos para 108 km². Esses são os dados do Boletim do Desmatamento (SAD) do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), divulgados nesta quinta-feira (28).

O alerta aponta o Pará como o estado que mais desmatou em janeiro, com 37% do total de perda de floresta registrado no período, seguido por Mato Grosso (32%), Roraima (16%) e Rondônia (8%). Os estados do Amazonas e do Acre ficaram com 6% e 1%, respectivamente.

A unidade de conservação mais desmatadas é a Área de Proteção Ambiental (APA) Triunfo do Xingu, que perdeu 3 quilômetros quadrados de área verde, seguida da APA dos Tapajós e a Resex Verde para Sempre, as três são do Pará.

Entre as Terras Indígenas, a TI Ituna/Itatá  (PA) lidera o ranking, com 4 quilômetros quadrados de vegetação degradada e a TI Aripuanã, localizada entre os estados de Rondônia e Mato Grosso e habitada pelo povo Cinta Larga, segue com 1,5 quilômetros quadrados de desmatamento.

 

Saiba Mais

SAD – Janeiro de 2019

 

Leia Também

Alerta de desmatamento na Amazônia cresce 34% em dezembro

Desmatamento na Amazônia dispara em novembro

Resex Chico Mendes é a que a mais sofre pressão do desmatamento

 

2 comentários em “Desmatamento na Amazônia aumenta em janeiro”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.