Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Bolsonaro não quer responder perguntas sobre desmatamento

Sabrina Rodrigues
terça-feira, 19 novembro 2019 19:12
Ao ser questionado sobre o aumento do índice de desmatamento, Bolsonaro manda jornalistas conversarem com o ministro Ricardo Salles. Foto: Isac Nóbrega/PR.

O presidente Jair Bolsonaro não quis responder às perguntas dos jornalistas sobre o aumento do desmatamento na Amazônia — o maior índice desde 2008. Ao ser cercado por repórteres na saída do Palácio da Alvorada após reunião ministerial nesta terça-feira (19), Bolsonaro disse que quem deveria ser perguntado sobre o assunto era o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

“Vocês viram o desmatamento quando a Dilma foi ministra? A Dilma não, aaaa [alguém cita Marina Silva]… Marina Silva foi ministra, vocês viram? Foi recorde o desmatamento, então, não pergunte para mim, não” disse Jair Bolsonaro.

Uma jornalista da Folha de São Paulo retrucou que se tratava de um dado atual, mas o presidente desconversou: “O Ricardo Salles está ali, conversa com ele”. 

Na manhã da segunda-feira (18), o Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE) divulgou que a Amazônia perdeu 9.762 quilômetros quadrados entre 1º de agosto de 2018 e 31 de junho de 2019. O índice representa uma alta de 29,5% no desmatamento, em relação ao ano anterior, a maior alta desde 2008 e a terceira maior alta percentual da devastação na história, perdendo apenas para 1995 (95%) e 1998 (31%). 

 

Leia Também

Amazônia perdeu área equivalente a 8 cidades do RJ entre 2018 e 2019, aponta sistema Prodes

Publicação internacional denuncia os impactos do governo de Bolsonaro sobre a Amazônia

Diretor do INPE é exonerado após Bolsonaro criticar dados do desmatamento

 

3 comentários em “Bolsonaro não quer responder perguntas sobre desmatamento”

  1. 2004, altíssima taxa de desmatamento, era segundo ano já de Lula/Marina. 2007, por causa das usinas do Madeira (e os bagres no colo do Lula), Marina rachou o Ibama e fez o ICMbio. Depois teve Belo Monte, etc…. Ou seja, a coisa tá braba desde sempre, NÃO é de hoje!!!

    Responder
  2. Político não tem o direito de não saber o mínimo de qualquer assunto público. Para isto eles tem os "assessores".
    Se não sabe sobre o tema, ou é analfabeto ambiental ou mau intencionado sobre o assunto.

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.