Download PDF
Canteiro de obras ocupado pela Força Nacional, em maio de 2013. Foto: Ocupação Munduruku/Flickr.

Canteiro de obras ocupado pela Força Nacional, em maio de 2013. Foto: Ocupação Munduruku/Flickr.

Com objetivo expresso de assegurar a continuidade das obras da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, autorizou a prorrogação para que a tropa fique no local e evite que manifestantes invadam o canteiro de obras e paralisem a construção. A autorização foi publicada ontem no Diário Oficial da União.

Serão mais 180 dias, contados a partir do dia 24 de julho, quando vence o primeiro prazo para que a Força Nacional se retire.

A decisão foi tomada após pedido formal do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. A presença da Força Nacional é considerada essencial para o cumprimento do cronograma da obra.

Assim como o primeiro envio da tropa, em março, a atual portaria também poderá ser prorrogada, se o Ministério da Justiça achar necessário.