Vídeos

Sol em vez de diesel – o hospital sustentável no Senegal

Moradores de vilarejos no Senegal apostam na força solar para carregar as baterias das lanternas e celulares, tornando o petróleo dispensável.

Karl Harenbrock ·
17 de junho de 2012 · 9 anos atrás

 

No sul do Senegal, o abastecimento de energia geralmente é feito através de baterias e geradores movidos a gasolina ou diesel, que agridem o meio ambiente. Agora, no entanto, os moradores dos vilarejos locais apostam na força solar.

Empresas alemãs da indústria fotovoltaica ajudam na iniciativa. Já está em funcionamento o abastecimento elétrico com módulos solares em um hospital e para carregadores de baterias para lâmpadas e telefones celulares. O petróleo se tornou dispensável.

Um filme de Karl Harenbrock

Esse conteúdo é publicado em uma parceria de ((o))eco com a Deutsche Welle, emissora pública alemã
 


Leia também

Análises
17 de setembro de 2021

O Brasil no coração da conservação mundial da natureza

O Congresso da IUCN anunciou a agenda de conservação da natureza para a próxima década, invocando os governos a empreender uma recuperação baseada na natureza no pós-pandemia

Notícias
17 de setembro de 2021

Ministério cria programa para fazer o que a Agência Nacional de Águas já faz

Lançado nesta sexta (17), o Rio+Limpos tem como objetivo disponibilizar dados sobre qualidade das águas e fomentar ações de melhoria e saneamento, competências historicamente feitas pela ANA

Notícias
17 de setembro de 2021

Tocantins vende terras públicas invadidas a R$ 3,50 o hectare

Valor é o mais baixo entre os estados da Amazônia, revela estudo do Imazon. Além do preço irrisório, Tocantins tem pior colocação no ranking de transparência

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta