Recessão não pode justificar fim do licenciamento ambiental

Rafael M. Almeida, Thomas E. Lovejoy, Fábio Roland*
sexta-feira, 22 julho 2016 3:18

A Proposta de Emenda Constitucional 65/2012 abole o licenciamento ambiental e levará a uma explosão de mineração, hidrelétricas e novas estradas na Amazônia

InfoAmazonia: Novas territorialidades e conflitos na Amazônia: IIRSA

((o))eco
terça-feira, 6 maio 2014 11:00

Diversos são os impactos sócio-ambientais ocasionados pelas diretrizes da Integração da Infra-Estrutura Regional Sul-Americana na Região Amazônica, principalmente na sub-região vinculada à política do Eixo de Desenvolvimento Peru-Brasil-Bolívia. (publicação do UBA, em espanhol)

InfoAmazonia: Sociedade civil clama por maior controle de financiamento do BNDES

((o))eco
sexta-feira, 21 março 2014 5:42

A sociedade civil exige mais transparência em relatório de investimentos sul-americanos com capital do banco brasileiro. (publicação do La Primera, original em espanhol)

Animação: Como nosso dinheiro financia obras na Amazônia

Por Bruno Fonseca e Jessica Mota
segunda-feira, 6 janeiro 2014 2:00

Durante três meses, nossos repórteres buscaram desvendar a trilha de investimentos do BNDES em projetos de infraestrutura na Amazônia. Veja as principais descobertas nesta animação.

Satélites ajudam a visualizar impactos da Ponte do Rio Negro

Daniel Santini
quinta-feira, 19 setembro 2013 22:13

Dois anos depois de inaugurada, pontos de desmatamento se multiplicam em Iranduba, município ligado à Manaus por ponte que custou um bilhão.

Vídeo: As hidrelétricas do Tapajós

Eduardo Pergurier
sábado, 31 agosto 2013 2:33

As sete usinas previstas para a região deslocarão 4 mil pessoas, incharão as cidades e deixarão sob a água boa parte das belezas do Tapajós.

Informalidade ganha de grandes empresas na degradação ambiental

Marc Dourojeanni
terça-feira, 25 junho 2013 19:51

A multidão de pequenas atividades informais causa mais desflorestamento, poluição e estragos do que empresas de capital privado legalizadas.

A energia suja, cara e opressora das hidrelétricas

Paulo Barreto
segunda-feira, 27 maio 2013 19:54

É falácia dizer que a energia hidro é limpa e barata, pois ela provoca desmatamento e não contabiliza os custos impostos aos locais.