Salada Verde

Trump libera uso de pesticidas ligados ao declínio de abelhas

Em memorando, os neonicotinoides, que foram proibidos no governo Obama, poderão ser usados em mais de 50 Refúgios da Vida Silvestre nos EUA. Medida ainda libera safra de transgênicos

Sabrina Rodrigues ·
6 de agosto de 2018 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Pesticidas apontados como responsáveis pelo declínio de abelhas voltarão a ser liberados nos Estados Unidos. Foto: Daniel Castanho/Flickr.

Pesticidas diretamente responsáveis pelo declínio das populações de abelhas e o cultivo de culturas geneticamente modificadas voltarão a ser liberados nos Estados Unidos. O governo Trump decidiu revogar a regulamentação de Barack Obama que proibia agricultores de usarem os neonicotinoides em refúgios de vida silvestre e bania os agricultores de refúgio de plantar culturas biotecnológicas como a soja e o milho.

Esse refúgios são terras públicas gerenciadas pelo Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos reservadas para proteger peixes, vida silvestre, vegetação e água. Dentre os usos dessas terras está a caça legalizada.

Em 2014, a administração Obama aboliu o uso de pesticidas com base em neonicotinoides em refúgios dos Estados Unidos. Esses inseticidas derivados da nicotina são associados ao declínio de populações de abelhas silvestres e outros insetos polinizadores em todo o mundo. A polinização é fundamental para a produção de alimentos.

A mudança foi anunciada através de um memorando assinado pelo  vice-diretor do Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos (US Fish and Wildlife Service), Gregory J. Sheehan, na quinta-feira (02). “Os organismos geneticamente modificados ajudaram a maximizar a produção”,  “os neonicotinoides podem ser necessários”, “Pode haver situações, no entanto, em que o uso de sementes de culturas transgênicas é essencial para melhor atender às finalidades do refúgio e às necessidades das aves e de outros animais selvagens “, afirma Sheehan em trechos do documento.

No final do memorando estão listados mais de 50 refúgios nacionais de vida selvagem em todo o país, onde a política revisada agora se aplica.

 

Leia Também

Pesticida faz pássaros perderem senso de direção, mostra pesquisa

Europa suspende uso de pesticidas nocivos às abelhas

Comissão Especial da Câmara aprova PL dos Agrotóxicos

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Salada Verde
25 de junho de 2018

Comissão Especial da Câmara aprova PL dos Agrotóxicos

Texto que muda legislação brasileira sobre agrotóxicos foi aprovado por 18 votos. Medida ainda terá de passar pelo Plenário da Câmara dos Deputados

Notícias
2 de maio de 2013

Europa suspende uso de pesticidas nocivos às abelhas

Comissão Europeia proíbe por 2 anos o uso de 3 agrotóxicos apontados como responsáveis pelo desaparecimento dos polinizadores.

Salada Verde
29 de novembro de 2017

Pesticida faz pássaros perderem senso de direção, mostra pesquisa

Estudo demonstra que os danos causados pelos neonicotinóides vão além dos insetos, impactando no caminho das aves e na sua perda de peso

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta