Salada Verde

Saiu a lista tríplice para direção do INPE, mas nomes ainda são desconhecidos

Comitê de Busca encaminhou a lista tríplice para Brasília, mas, ao contrário do que aconteceu em ocasiões anteriores, comunidade científica não sabe quem são os indicados

Daniele Bragança ·
3 de setembro de 2020
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) já está com os nomes dos três candidatos a novo diretor do Instituto de Pesquisas Espaciais escolhidos pelo Comitê de Busca. Desde agosto de 2019 o órgão é dirigido por um interino, o militar da Aeronáutica Darcton Policarpo Damião.

Damião é um dos candidatos à vaga. Ele comanda, a pedido do MCTIC, uma reestruturação no órgão, que trará grandes mudanças na forma como o INPE é hoje ordenado, com extinção e fusão de coordenações.

Segundo ((o))eco apurou, a portaria de criação do Comitê de Busca nunca previu a publicação dos indicados na lista tríplice, mas os nomes sempre vazaram, o que dessa vez não ocorreu até o momento.

Há um temor de que a lista jamais venha a público e que o nome escolhido do governo não seja um dos três indicados pelo colegiado. “Há uma expectativa da comunidade [do Instituto] de ter à frente do INPE novamente um diretor legítimo e que possa defender o órgão como instituição pública e civil, e que não hesite em denunciar os poderosos, mesmo do governo, quando eles servirem a interesses outros que não o serviço público”, disse uma fonte interna do INPE que preferiu não se identificar.   

 

Leia Também 

Governo exonera coordenadora do INPE em meio a notícias sobre alta de desmatamento 

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Reportagens
13 de julho de 2020

Governo exonera coordenadora do INPE em meio a notícias sobre alta de desmatamento 

Saída de pesquisadora responsável pelos dois principais sistemas de monitoramento do desmatamento na Amazônia é mais um capítulo de uma reestruturação silenciosa

Salada Verde
23 de julho de 2021

Registro raro mostra uma mamãe onça com seu filhote na Serra do Mar

A cena foi flagrada por um armadilha fotográfica instalada pela equipe do Programa Grandes Mamíferos da Serra do Mar, que monitora a presença de animais como a onça-pintada e a anta na região

Análises
23 de julho de 2021

Termo ‘savanização’ precisa ser revisto nos discursos sobre degradação florestal

Associar a savana à ideia equivocada de que esta seria uma vegetação degradada e pobre favorece o discurso de que não há nada a ser conservado

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta