Salada Verde

Presidente da França diz que comprar soja brasileira é apoiar desmatamento da Amazônia

Em vídeo, Emmanuel Macron afirma que a Europa não pode continuar dependendo da commodity brasileira. Segundo o presidente, continente precisa ser coerente com suas “ambições ecológicas”

Duda Menegassi ·
12 de janeiro de 2021
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O presidente da França, Emmanuel Macron, declarou em suas redes que continuar dependendo da soja brasileira é apoiar o desmatamento da Amazônia. Em sua fala, Macron convoca a Europa a agir com responsabilidade e diz que o continente precisa começar a produzir sua própria soja, para que sejam consistentes com suas ambições ecológicas. “Quando importamos a soja produzida a um ritmo rápido a partir da floresta destruída no Brasil, nós não somos coerentes”, afirmou Macron.

“Nós precisamos da soja brasileira para viver? Então nós vamos produzir soja europeia ou equivalente”, completou. Em dezembro, o governo francês já havia lançado um plano para subsidiar a expansão do cultivo de soja no país e diminuir a dependência externa.

A declaração prepara o terreno para as pressões internacionais que o Brasil deve sofrer com o início do mandato de Joe Biden, presidente eleito dos Estados Unidos que assume oficialmente a Casa Branca no dia 20 de janeiro. Biden já manifestou inúmeras vezes sua preocupação com as mudanças climáticas e com a preservação da Amazônia. O futuro presidente também já fez declarações indicando que poderia impor restrições econômicas ao país se não forem tomadas ações efetivas para conter o desmatamento. (Duda Menegassi)

 

Leia também

Vitória de Biden nos EUA trará mudanças nas políticas ambiental e climática?

  • Duda Menegassi

    Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação e montanhismo. Escreve para ((o))eco desde 2012. Autora do livr...

Leia também

Reportagens
9 de novembro de 2020

Vitória de Biden nos EUA trará mudanças nas políticas ambiental e climática?

((o))eco entrevistou dois experts em política climática e ambiental, que desenharam possíveis cenários para o Brasil e para os EUA sob a administração de Biden e Harris

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 5

  1. AvatarMarisa diz:

    É importante compreende com dados antes de se fazer comentários.
    Pois:
    Amazônia Legal é uma área formada por nove Estados e abrange toda a região Norte, além de partes do Centro-Oeste e do Nordeste. São 5 milhões de quilômetros quadrados, ou 59% de todo o território nacional. Isso inclui os Estado do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, e Maranhão.27 de ago. de 2019


  2. AvatarEmanuel diz:

    O desmatamento da Amazônia, não tenho nada a ver com isso. Gosto de Tofu e sou Vega, e o resto que se lixe.


  3. AvatarCarlos diz:

    Misto de igorancia e má fé. Macron não sabe que a soja brasileira NÃO é produzida no bioma Amazônia.


  4. AvatarEmanuele diz:

    Preocupação com Amazônia = reserva de mercado pros produtores franceses.


    1. AvatarPaulo diz:

      Faz parte do jogo econômico. Nada de novo.