Salada Verde

Parlamentares querem derrubar portaria que suspende defeso

Frente Parlamentar Ambientalista apresentou decreto legislativo para tentar anular portaria que libera pesca em época de reprodução dos peixes

Daniele Bragança ·
15 de outubro de 2015 · 6 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Sarney Filho apresentou proposta para sustar portaria que liberou pesca em época de reprodução dos peixes. Foto: Gilmar Felix/Câmara dos Deputados.
Sarney Filho apresentou proposta para sustar portaria que liberou pesca em época de reprodução dos peixes. Foto: Gilmar Felix/Câmara dos Deputados.

O deputado Sarney Filho (PV-MA) apresentou nesta quarta-feira (14) um projeto de decreto legislativo (PDC) para derrubar a portaria dos Ministérios da Agricultura e Meio Ambiente que liberou a pesca em época de reprodução dos peixes por 120 dias.

O Executivo suspendeu o período de defeso alegando que fará o recadastramento dos pescadores artesanais no período. Existem suspeitas de fraudes no pagamento do benefício de um salário mínimo pago aos pescadores artesanais durante o defeso, justamente o período que é proibido pescar, já que é a pausa que garante a recomposição das espécies pescadas.

“A liberação da pesca nesses períodos atenta contra a conservação das espécies e manutenção dos estoques pesqueiros, desrespeitando o princípio elementar da precaução”, afirmou Sarney Filho. Além de Sarney Filho, a proposta de decreto legislativo foi assinada por mais nove deputados.

O decreto legislativo é um instrumento em que o Congresso regula matérias de sua competência exclusiva, tais como: ratificar atos internacionais, sustar atos normativos do Presidente da República, autorizar o Presidente da República e o Vice-Presidente a se ausentarem do país por mais de 15 dias. Um projeto de decreto legislativo sempre vai a plenário, necessita de maioria absoluta pra ser aprovado, ou seja, o voto de pelo menos 257 deputados ou 41 senadores, e é sancionado pelo presidente do Congresso. Não existe possibilidade do poder Executivo vetar um decreto legislativo.

Segundo Sarney Filho, a iniciativa de suspender o defeso agride os direitos dos pescadores artesanais e ameaça os estoques pesqueiros. “Não podemos aceitar os argumentos de que a suspensão se deve à necessidade de um novo cadastramento de pescadores e também à crise econômica”.

Agora, os deputados querem pressionar a tramitação do projeto, que precisa ser apreciado pelas duas casas legislativas (Câmara e Senado) antes de ser promulgada pelo presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

 

Leia Também
Governo libera pesca em época de reprodução dos peixes
Ministério da (Sobre)Pesca e do Sumiço das Estatísticas
Monica Brick Peres: “A portaria 445 não é o problema”

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Reportagens
2 de julho de 2015

Monica Brick Peres: “A portaria 445 não é o problema”

Diretora da ONG OCEANA afirma que o setor pesqueiro não se beneficiará se derrubar a nova medida que protege espécies de peixe ameaçadas.

Colunas
31 de março de 2015

Ministério da (Sobre)Pesca e do Sumiço das Estatísticas

Cartório de interesses que dominam a pesca industrial no Brasil, ministério comeu os números que mostram o massacre dos peixes.

Salada Verde
12 de outubro de 2015

Governo libera pesca em época de reprodução dos peixes

Objetivo é coibir fraude no seguro-defeso. Medida durará 4 meses, mas pode ser prorrogada. Peixes podem ser extintos no meio do caminho.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta