Salada Verde

Nova espécie de tubarão é descoberta no Golfo do México

Cientistas divulgaram imagens do animal que recebeu o nome de Squalus clarkae, em homenagem à bióloga marinha Eugenie Clark

Sabrina Rodrigues ·
23 de julho de 2018 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Eugenie Clark foi pioneira na pesquisa sobre o comportamento dos tubarões, tornando-se uma defensora pública dessas espécies. Foto: Florida Institute of Technology.

Neste fim de semana, cientistas divulgaram imagens de uma espécie recém-descoberta de tubarão no Golfo do México, perto do litoral da Flórida. Com cerca de 70 centímetros de comprimento e olhos enormes que mais parecem personagens de desenhos animados, a nova espécie de tubarão recebeu o nome de Squalus clarkae, em homenagem à bióloga marinha Eugenie Clark, conhecida como a “Dama dos tubarões”, pioneira na conservação marinha.

O recém-descrito tubarão pertence à família dos cações, tubarões de pequeno porte que vivem principalmente em águas profundas e se reproduzem lentamente. A gestação do Squalus clarkae pode durar até dois anos.

Inicialmente, a nova espécie foi rotulada como cão-espinho (Squalus mitsukurii), outra espécie de cação nativo das águas do Japão. Mas análises genéticas e investigação das características físicas do tubarão confirmaram que a criatura era uma espécie nova para a ciência.

Eugenie Clark, a “Dama dos Tubarões”

Nascida em 04 de maio de 1922, Eugenie Clark começou a sua carreira nos anos 40. Foi uma bióloga marinha que ficou conhecida por seu trabalho estudando tubarões, incluindo a descoberta daqueles adormecidos, eliminando a ideia de que esses animais precisariam continuar nadando para respirar. Clark também foi a primeira cientista a desenvolver “tubo de ensaio” em peixes; descobriu várias espécies de desses animais e foi pioneira na pesquisa sobre o comportamento dos tubarões, tornando-se uma defensora pública dessas espécies. Eugenie faleceu em fevereiro de 2015, de câncer de pulmão, deixando quatro filhos.

Assista aos vídeos da nova espécie de tubarão:

 

Leia Também

Cientistas descobrem nova espécie de tubarão no Oceano Atlântico

Um novo tubarão nas águas afetadas pela Samarco

ONGs lançam campanha contra venda de bolinho de tubarão em Noronha

 

  • Sabrina Rodrigues

    Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Notícias
3 de fevereiro de 2017

ONGs lançam campanha contra venda de bolinho de tubarão em Noronha

Estabelecimentos dentro do arquipélago comercializam livremente a iguaria feito de espécie silvestre. Ação chama atenção para o absurdo da prática

Notícias
12 de março de 2018

Um novo tubarão nas águas afetadas pela Samarco

Nova espécie de cação-anjo foi descrita no litoral brasileiro. Ela vive escondida no fundo do mar, entre o Espírito Santo e Alagoas

Notícias
27 de fevereiro de 2018

Cientistas descobrem nova espécie de tubarão no Oceano Atlântico

Através de testes genéticos, pesquisadores encontram o Hexanchus vitulus, batizado de tubarão do atlântico de seis brânquias

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta