Salada Verde

Menos da metade dos esgotos do país é coletada e tratada, diz ANA

Segundo o Atlas Esgotos, 96,7 milhões de pessoas não dispõem de tratamento coletivo de esgotos. Quase 70% dos municípios não possuem nenhuma estação de tratamento

Sabrina Rodrigues ·
26 de setembro de 2017 · 4 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Entre os Estados, somente São Paulo, Paraná e o Distrito Federal removem mais de 60% da carga orgânica dos esgotos produzidos em seus territórios. Foto: Estação de Tratamento de Esgotos de Barueri/Governo do Estado de São Paulo/Flickr.
Entre os Estados, somente São Paulo, Paraná e o Distrito Federal removem mais de 60% da carga orgânica dos esgotos produzidos em seus territórios. Foto: Estação de Tratamento de Esgotos de Barueri/Governo do Estado de São Paulo/Flickr.

O cheiro de ovo podre misturado com bosta e a cor de petróleo ou barro são características dos esgotos que um dia foram rios. Quase toda metrópole tem um desses ex-rios que viraram condutores de esgoto não tratado. A Agência Nacional das Águas e o Ministério das Cidades acabam de publicar um relatório relatando que esse problemão ambiental não é exclusivo das grandes cidades, pelo menos não no Brasil.

Aqui, 45% da população ainda não têm acesso a serviço adequado de esgoto. Menos da metade (42,6%) dos esgotos do País é coletada e tratada. Quase 70% dos municípios não possuem nenhuma estação de tratamento.

Das 9,1 mil toneladas de esgoto gerado diariamente no país, 5,5 mil toneladas são lançadas diretamente nos rios e corpos d’água, sem qualquer tratamento.

De acordo com o Atlas Esgotos, mais de 110 mil km de trechos de rio estão com a qualidade comprometida devido ao excesso de carga orgânica, sendo que para 83.450 km não é permitida a captação para abastecimento público devido à poluição hídrica.

“O lançamento de esgotos domésticos nos corpos d’água sem adequado tratamento ou em desconformidade com os atuais padrões legais estabelecidos para lançamento de efluentes, resulta em comprometimento da qualidade da água do corpo receptor e pode inviabilizar o atendimento aos usos atuais e futuros dos recursos hídricos a jusante do lançamento. Isso ocorre especialmente em áreas urbanizadas”, afirma o estudo.

O relatório mostra que o Sudeste é a região brasileira que apresenta os melhores índices de coleta e tratamento de esgotos, sendo a única onde o tratamento dos esgotos gerados alcança mais da metade de sua população urbana.

Entre os Estados, somente São Paulo, Paraná e o Distrito Federal removem mais de 60% da carga orgânica dos esgotos produzidos em seus territórios. A Região Norte é a mais carente em termos de serviços coletivos de esgotamento sanitário.

 

Saiba Mais
Atlas Esgotos – Despoluição de Bacias Hidrográficas

Leia Também

Somente 20% da água é tratada no mundo, afirma Unesco

Dá para beber essa água?

Para onde vai a água do esgoto de nossas casas?

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Colunas
6 de março de 2007

Para onde vai a água do esgoto de nossas casas?

Quem se livra do esgoto despejando toda sujeira no mar deveria aprender com Calgary, no Canadá. A cidade desenvolveu um dos melhores sistemas de tratamento de efluentes do mundo.

Reportagens
20 de março de 2014

Dá para beber essa água?

Agrotóxicos, metais pesados e substâncias que imitam hormônios podem estar na água que chega à sua torneira ou na água mineral engarrafada.

Notícias
22 de março de 2017

Somente 20% da água é tratada no mundo, afirma Unesco

Segundo relatório da ONU, medidas para tratamento são urgentes para combate à escassez e para a preservação do meio ambiente

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 3

  1. Tomara que com o novo marco regulatório essa situação se reverta. Precisamos ficar atentos e cobrar resultados


  2. Advento diz:

    Uma das soluções está no outro artigo do site. Transformar o esgoto urbano em energia,.


  3. paulo diz:

    Oh festa para os prefeitos e governadores. Dormemmm………………………………….