Mais de 400 hectares de flora nativa foram replantados em São Paulo

quinta-feira, 28 janeiro 2021 19:41
No total, foram 832 mil mudas de árvores de 290 espécies da flora nativa plantadas. Foto: Divulgação.

Mais de 430 hectares de flora nativa da Mata Atlântica foram replantados no trecho da rodovia Nova Tamoio, em São Paulo, que liga a região do Vale do Paraíba ao litoral norte. 

Este foi o maior projeto de reflorestamento dos últimos seis anos realizado no estado. Iniciado em 2017, o trabalho de plantio contabilizou cerca de 832 mil mudas de 290 espécies de árvores originárias do bioma.

A restauração florestal realizada na região teve o objetivo de recompor as árvores cortadas para a construção da rodovia Nova Tamoio, que liga um dos principais pólos industriais da região metropolitana ao litoral de São Paulo. O projeto foi pago com dinheiro da compensação ambiental.  

Dentre as principais espécies de flora que o trabalho da PlantVerde, empresa responsável pelo projeto, trouxe de volta para a região estão o pau-marfim (Balfourodendron riedelianum), o jequitibá-rosa (Cariniana legalis), o cambuci (Campomanesia phaea) e o ipê-felpudo (Zeyheria tuberculosa). 

O trabalho foi dividido em dois lotes dentro do Parque Estadual da Serra do Mar. O primeiro, nos municípios Paraibuna, Caraguatatuba e São Sebastião, foi entregue neste mês para a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e o segundo, em São Luiz do Paraitinga, com previsão de entrega para fevereiro.

Além do plantio de mudas, houve o manejo de 124 hectares de flora exótica, facilitando a recomposição da vegetação nativa. Diversos animais já foram vistos na região, como antas e diversas espécies de serpente, bicho-preguiça, porco-do-mato, aves e cotia, que vão contribuir com a dispersão de novas sementes e a conservação da floresta.

“O processo de recuperação ambiental é complexo, requerendo tempo, recursos, tecnologia e conhecimento dos fatores relacionados à área da Nova Tamoios, como as características do solo, da água, da fauna e da flora. Um dos indicativos de sucesso foi o aumento da diversidade, riqueza de espécies e densidade de regenerantes”, avalia Antonio Borges, diretor executivo da PlantVerd.

 

Leia Também 

Sem o setor privado, não será possível restaurar florestas

Não adianta fazer restauração florestal e não proteger mata nativa

Mudanças legislativas podem esvaziar restauração ambiental em São Paulo

 

 

4 comentários em “Mais de 400 hectares de flora nativa foram replantados em São Paulo”

  1. HI GRATA I AM ENESA FROM IRELAND ,MY FRIEND SAY ME THIS BEAUTIFUL PLACE , NOW HI WITH FAMILY LIVE IN IRELAND ,MANY PICTURE SEND TO LOOK TO ME ,IT IS VERY GOOD PUT IN MANY TREES LIKE IN IRELAND ,IRELAND DO THE SAME GOOD TO SEE YOU GRATA SEE YOU AGAIN ENESA BELL

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.