Salada Verde

Fundo de Compensação Ambiental já tem regras definidas

Portaria é o último passo que faltava para a criação e gestão dos recursos. ICMBio será responsável por monitorar, acompanhar e avaliar os atos de gestão

Sabrina Rodrigues ·
4 de dezembro de 2018 · 2 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O Fundo de Compensação Ambiental financiará unidades federais de conservação, como parques nacionais, reservas biológicas e áreas de proteção ambiental (APAs). Foto: Reserva Biológica Poço das Antas, no Rio de Janeiro. Foto: Duda Menegassi/Wikiparques.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) publicou, no Diário Oficial da União, a Portaria nº 1039/2018, que define os critérios, as políticas e as diretrizes do Fundo de Compensação Ambiental (FCA). Com a publicação da norma, o órgão federal realiza o último passo que faltava para implementar o fundo. A Caixa Econômica Federal será a instituição financeira que administrará o FCA.

Caberá ao ICMBio monitorar, acompanhar e avaliar os atos de gestão do fundo, além de definir os critérios, as políticas e as diretrizes para gestão e execução do Fundo de Compensação Ambiental.

Com a Portaria, fica decidido que “somente poderão aportar recursos no FCA os empreendedores, públicos ou privados, cujos valores devidos a título de compensação ambiental tenham sido destinados pelos órgãos licenciadores competentes a unidades de conservação federais.” A norma também define que os recursos deverão ser segregados em subcontas identificáveis por empreendimento, unidade de conservação beneficiária e ação específica.

O Fundo de Compensação Ambiental (FCA) é um fundo privado, regido por estatuto próprio, criado para recepcionar os recursos de compensação ambiental prevista no artigo 36 da Lei 9.985/2000. O fundo financiará unidades federais de conservação, como parques nacionais, reservas biológicas e áreas de proteção ambiental (APAs).

A expectativa é que o Fundo seja criado ainda este ano.

Saiba Mais

Portaria nº 1.039 de 29 de Novembro de 2018

 

Leia Também

Lei que libera fundo de compensação ambiental é sancionada

MP que cria fundo para compensação ambiental vai à sanção

Governo muda regras para compensação ambiental

 

  • Sabrina Rodrigues

    Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Notícias
4 de dezembro de 2017

Governo muda regras para compensação ambiental

Medida Provisória publicada nesta segunda-feira favorece contratação de brigadistas e permite novos usos dos recursos de compensação

Notícias
8 de maio de 2018

MP que cria fundo para compensação ambiental vai à sanção

Senado aprovou a medida provisória que cria uma espécie de “Fundo Amazônia” para gerir os recursos arrecadados com a compensação ambiental

Salada Verde
29 de maio de 2018

Lei que libera fundo de compensação ambiental é sancionada

Medida permite que ICMBio selecione um banco público para gerir um fundo formado pelos recursos arrecadados. Órgão, assim como o Ibama, poderá contratar por até 2 anos

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta